Imprimir

A União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais (UFCBNP) está a proceder ao alargamento do cemitério… O assunto foi discutido na última reunião do executivo municipal da Sertã, no dia 15 de março, onde o vereador do PS, Vítor Cavalheiro, contestou este alargamento que se irá estender por entre um parque infantil e um campo de futebol.

“O alargamento só deveria ocorrer em última instância e depois de ver todas as hipóteses. Primeiro deveria ser feito o levantamento exaustivo porque há sepulturas que não são removidas há 24 anos”, defendeu o vereador, dizendo ainda que se deveria “incentivar o uso de gavetões e ossários como aconteceu na Sertã com excelente resultado”. Vítor Cavalheiro relembrou as “enormes pressões das pessoas” a que foi sujeito quando era vereador com o pelouro das obras municipais, no antigo executivo. Há época, “quando havia um falecimento tinham de ir para uma sepultura não perpétua porque não havia possibilidade de comprar. Havendo a possibilidade (que este executivo permitiu), as pessoas compram”, recordou. José Farinha Nunes, presidente da câmara, refutou lembrando que subiram os preços dos espaços, “nós tomámos medidas para evitar essa situação, é no preço que nós temos de combater isso”, acrescentou que de qualquer forma se as pessoas precisam de uma sepultura “devem tê-la, é o que me parece, precisam de uma sepultura perpétua e nós devemos ter resposta para isso”. O vereador do PS, Ramos Moreira, considerou ser uma postura nada democrática, pois só “pode aceder ao bem quem tem dinheiro”. Fernando Farinha, vereador do PSD, referiu que existem alternativas à campa perpétua.

“Também tomámos a medida de fazer as campas temporárias empedradas, para evitar máquinas sempre dentro do cemitério”, acrescentando que “o próprio coveiro fará o levantamento da ossada para que a campa fique pronta para ser utilizada novamente”. Por sua vez, o vereador do PSD, Jorge Coluna, apresentou o seu manifesto contra este alargamento. “Não concordo com este alargamento do cemitério, como ele está a ser feito, como já toda a gente sabe”, aludindo a que “as pessoas de Cernache têm uma atitude diferente das pessoas da Sertã, estas aderiram em colocar os restos mortais em gavetões, enquanto que em Cernache esses gavetões nunca foram preenchidos”. Em jeito de conclusão, Vítor Cavalheiro, rematou dizendo que é, também, contra o alargamento “na direção de uma zona residencial” e relembrou que “existem ali campas com mais de 20 anos que poderiam ser levantadas”. O munícipe António Reis, na hora do público, referiu que “se fizessem o levantamento de todas as campas que estão em condições de serem levantadas não seria necessário avançar com este alargamento”.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
125
Ontem
17235
Este mês
335561
Total
10787507
Visitantes Online
20