Imprimir

Incêndios foram no verão e muitas localidades continuam sem comunicações... Os incêndios do verão passado danificaram as redes de comunicações e, na data presente, ainda há localidades onde as comunicações são muito difíceis ou mesmo inexistentes. O concelho da Sertã regista casos desses.

Assim, e em face das reclamações que a empresa Altice foi recebendo nos últimos tempos vem agora, através da Câmara Municipal da Sertã, responder a essas críticas fazendo um balanço do que foi destruído. São mais de três mil quilómetros de cabos e mais de 45 mil postes ardidos. Os dados foram dados a conhecer na reunião do executivo camarário desta quinta-feira, 8 de fevereiro.
Nessa reunião o presidente da câmara, José Farinha Nunes, baseado no comunicado da empresa, disse que “todos os clientes identificados e servidos por fibra ótica de nova geração não vão ter qualquer aumento na sua mensalidade. Todos os clientes com as comunicações restabelecidas nesta operação não serão sujeitos a nova fidelização. A todos os clientes que, à data dos incêndios, eram servidos por rede de cobre para telefone fixo e que receberam equipamentos terminais sem fios, suportados na rede móvel, a Altice Portugal garante o restabelecimento do serviço com a implementação de soluções via satélite ou através da religação à rede de cobre, ou por fibra, quando assim se justificar”.
A empresa, e segundo este comunicado enviado à autarquia sertaginense, deixa ainda o número 800 200 177 para qualquer esclarecimento.
O vereador do PSD, Jorge Coluna, haveria ainda de fazer uma interpelação sobre esta matéria referindo-se explicitamente à falta de rede em alguns locais, facto que inviabiliza a utilização de telefones que utilizam a rede móvel. José Farinha Nunes informou que “enviei para a Altice um pedido para virem técnicos da empresa, analisarem a situação em concreto do concelho da Sertã”. “Esses técnicos virão para termos cobertura e fibra ótica em todo o concelho”, ansiou sabendo que “onde não é vantajoso não será colocado, mas pedimos que fizessem um estudo para saber onde é viável fazê-lo”, disse. Para Jorge Coluna esse trabalho deveria ser feito o quanto antes, já que estão passados mais de três meses sobre os incêndios de outubro e as pessoas necessitam de ver repostas as comunicações.

ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
16595
Ontem
31423
Este mês
648353
Total
15184694
Visitantes Online
25