Imprimir

Partido contactou de perto com populares… A CDU, através dos Grupos Parlamentares dos partidos que a integram (Partido Comunista Português - PCP e Partido Ecologista “Os Verdes” – PEV) esteve esta manhã numa ação de rua, na feira e no mercado semanal da Sertã para falar às pessoas dos problemas da floresta e da reposição das telecomunicações, “duas temáticas fortemente afetadas pelos incêndios do ano passado”, destacou Ema Gomes do PEV, em entrevista à Rádio Condestável.

Sobre a reposição das telecomunicações, apesar da Altice falar que quase 100% já está feita, a CDU diz continuar a receber queixas, “principalmente no serviço de rede fixa e de acesso à internet”. A empresa diz ter facilitado as comunicações, entregando telemóveis às pessoas, no entanto a população, por ser maioritariamente idosa, tem dificuldade em se adaptar aos mesmos e, mesmo que se adapte, “não consegue efetuar chamadas por fata de rede”, explicou Ema Gomes.
O partido não quer esquecer, nem que se esqueçam estas matérias, daí as várias ações que têm vindo a realizar, interpelando o Governo através da entrega de projetos de resolução e projetos de lei ligados a esta temática. Esta manhã, “estamos aqui para que as pessoas conheçam o nosso trabalho e para as alertar de que nem todas as telecomunicações estão repostas e, porque se está a aproximar mais uma época de incêndios, queremos sensibilizar as pessoas para a questão da limpeza da floresta e para a importância que a mesma tem, nomeadamente no nosso concelho”, explicou. Ema Gomes e Manuela Carvalho entregaram panfletos informativos e explicativos desta e de outras situações. As reações foram positivas e “as pessoas estão muito sensíveis relativamente a esta questão e querem falar da temática”, disse, reportando que “um dos comerciantes aqui presente e que foi afetado pelos incêndios de Figueiró dos Vinhos, disse-nos que os apoios chegam para uns e não chegam para outros”. Assim, “ainda existem muitas questões que queremos ver esclarecidas”, principalmente “o porquê dos apoios ainda não terem chegado às pessoas”, explicou Ema Gomes.

Entretanto têm sido várias as questões que, nomeadamente o Partido Ecologista “Os Verdes” tem endereçado ao Governo sobre estas matérias, especialmente sobre os apoios aos agricultores, parques de madeira queimada e atrasos na análise de candidaturas feitas por empresas afetadas, para isenção da contribuição à Segurança Social. Apesar do interesse do partido, as respostas não têm surgido, facto que Ema Gomes lamenta até porque “todo o trabalho que temos feito tem por base as nossas saídas para os concelhos afetados. É um reflexo do que as pessoas nos têm feito chegar. É a realidade e é aquilo que os cidadãos estão a precisar e o Governo deve ter isso em conta”, alertou.
No documento entregue esta manhã, a CDU recorda que, tanto PCP como PEV apresentaram, no Orçamento de Estado para este ano, propostas no sentido de aumentar as equipas de sapadores florestais, valorizar a agricultura familiar, promover o desenvolvimento regional, criar um programa integrado de apoio às vítimas e áreas atingidas pelos incêndios, formar e sensibilizar os cidadãos para as medidas de autoproteção, minimizar os impactos dos incêndios nos recursos naturais, como o solo ou a água, entre outras.

ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
14114
Ontem
30322
Este mês
441968
Total
16600582
Visitantes Online
34