Imprimir

O CLDS3G, em parceria com a Câmara Municipal e a ETPZP realizou esta quinta-feira dia 10 de maio, a 3ª edição da “Feira de Emprego e Formação”.

Marcaram presença 18 expositores com empresas do concelho e da região. No contexto nacional, a Marinha, organismos estatais e associativismos e de ensino também marcaram presença.
Esta iniciativa, que visou apresentar empresas e instituições face aos potenciais empregadores de ofertas de emprego e/ou estágio nas diferentes áreas, dinamizando um espaço privilegiado entre os diferentes atores do mercado de trabalho, teve igualmente como objetivo mostrar o que de melhor o concelho tem.
A qualidade de formação que o concelho tem com particular destaque para a Escola Profissional (ETPZP), foi destacada pela vice-presidente Margarida Guedes que reconheceu também “a procura de grandes empresas de outros concelhos face à qualidade dessa formação”, colocando contudo o foco da sua importância na “valorização do concelho e na fixação dos nossos jovens e nas pessoas em geral”, frisando a importância da sua fixação no combate à desertificação. Neste contexto, valorizou tanto “grandes” como “pequenos” empregadores no papel fundamental que têm na fixação das pessoas no concelho. Mais tarde, durante a visita aos stands, a vice-presidente deixou também bem clara a disposição da autarquia no apoio às empresas, eventualmente na mudança de paradigma face às novas realidades, mas também na necessidade de articulação com os concelhos vizinhos, nomeadamente na complementaridade de oferta e inerente qualidade.
Antes de terminar, dedicou palavras de agradecimento e reconhecimento às empresas e expositores nomeadamente “a aproximação entre os que precisam e os que oferecem”, elegendo o “emprego” como “fator principal para combater o êxodo e fixar as pessoas”, realçando a “sensibilidade” das empresas presentes. Neste contexto, considerou esta feira, como “um caminho aberto para ajudar os nossos jovens na rota do emprego ou formação superior com esta ação que aproxima as entidades empregadoras e formadoras”.
António David, em representação da Santa Casa da Misericórdia de Pedrógão Grande, colocou a tónica da sua intervenção na palavra “emprego”, e nas “expetativas” que estas iniciativas criam nos jovens da nossa região.
A representante do Instituto Segurança Social de Leiria (ISS), Lídia Simeão, realçou o “papel que estes projetos têm no desenvolvimento regional”, evidenciou a ação do ISS Leiria como “parceiro de grande intervenção e ativo nestas iniciativas”, que são “mais-valia para o concelho” e assumiu a disponibilidade para “juntos podermos combater a desertificação”, reconhecendo como “bons agentes empregadores” e terminou realçando a disponibilidade do organismo que representa.
Já o representante do Centro de Emprego, João Ribeiro, afirmou que são “estas iniciativas que alavancam e promovem o desenvolvimento do concelho” e promovem a “fixação das pessoas no concelho”.

ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
13267
Ontem
20516
Este mês
331244
Total
16489857
Visitantes Online
30