Imprimir

Conferência dá o mote para abertura das Festas do Município... Está a decorrer, durante todo o dia de hoje, em Proença-a-Nova, a Conferência “Turismo e Empreendedorismo – Alcançar o Interior”.

Esta manhã foi dedicada à temática “empreender no interior” e concretamente em Proença-a-Nova. João Lobo, presidente da autarquia anfitriã recordou que este é o tema central das Festas do Município que hoje começam, porque “o turismo tem sido um grande motor da economia a nível nacional” e o objetivo é que o seja também no interior, disse, recordando que a Zona Centro é uma das que se tem vindo a destacar no que ao crescimento turístico diz respeito. “Exatamente por isto surge a oportunidade de, com o suporte do Turismo em Portugal, esta ser uma aposta de empreender no turismo”, disse, continuando a apelar a que se tire “partido dos recursos naturais deste território”, nomeadamente do “turismo de natureza, a nossa grande mais-valia neste setor”. Há que “acicatar o olhar para uma oportunidade que está criada no país e tirar partido dela”, reforçou.
A DNA Cascais encubadora de empresas foi criada há 11 anos. A representá-la esteve Jean Baronet que defendeu o desenvolvimento de novas atitudes, referindo que esta incubadora apoia as escolas no desenvolvimento de um concurso de ideias de negócio com alunos do 5º ao 12º ano. Uma das ideias deixadas foi que “seja criado um fundo de investimento para apoiar estas ideias de negócio”, pois “os projetos das escolas são tão bons e bem estruturados e em alguns caso com produto físico que pode ter investimento para trazer o projeto para o mercado”. Assim “dava-se corpo a estes projetos”, apelou.

A Outsystems é um claro exemplo da escolha pelo interior. Chegou a Proença em 2009 e Ricardo Araújo, diretor da empresa, explicou que neste momento já conseguiram quebrar o mito urbano de que as pessoas só iriam ficar dois ou três anos no concelho. “Estamos a conseguir reter por muito mais tempo e já conseguimos dar 19 crianças ao interior. Esse é o maior investimento que podemos fazer aqui”.
Depois de alguns anos, a empresa está também a retribuir o acolhimento, nomeadamente com um protocolo estabelecido com a escola, autarquia e seis empresas do concelho para “o estágio de alunos do 11º ano, algo que nunca fizemos pois investimos em recém-licenciados”. Deste modo, “estamos a investir em miúdos que daqui a seis ou oito anos estão a ingressar no mercado de trabalho para as condições que procuramos. É um investimento de longa duração e que vai trazer valor acrescentado à vila pela mão-de-obra qualificada que vai ter e rendimentos superiores”, explicou Ricardo Araújo.
Nesta sessão foi assinado um protocolo entre a Inova StratUp e a Start Up Portugal.
Presente esteve também a Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) e Teresa Cascais, coordenadora hoteleira da AHRESP, veio trazer uma explicação sobre o programa Quality, programa desenvolvido pela associação e onde está um manancial de informações sobre como gerir um Alojamento local.
Por fim João Borga, Coordenador da Rede Nacional de Encubadas veio apresentar a Estratégia Startup Portugal foi criada sob três pilares, para organizar o setor. Neste momento são 135 as incubadoras e o objetivo é aglutinar investimentos, tanto nos programas de apoio como nos fundos de investimento. Para que se ganhe escala deixou a ideia de que é preciso internacionalizar, deixou presente.
A discussão continua ao longo desta tarde e termina com a presença da Secretária de Estado da Indústria, Ana Teresa Lehmann.

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
15411
Ontem
31708
Este mês
739778
Total
19220798
Visitantes Online
30