Imprimir

Doaram uma viatura de combate a incêndios florestais à corporação… A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) e a Vodafone Portugal entregaram esta sexta-feira, 8 de junho as chaves de uma nova viatura de combate a incêndios florestais aos Bombeiros Voluntários de Figueiró dos Vinhos (BVFV).

O carro, construído de raiz por uma empresa portuguesa custou 178 mil euros, valor suportado na íntegra pelas duas entidades referidas, sendo que as verbas da FPF foram provenientes do jogo de Supertaça Cândido de Oliveira de agosto do ano passado e que colocou frente a frente o SLBenfica e o Vitória SC.
Na cerimónia que antecedeu a entrega das chaves, o presidente da Associação Humanitária dos bombeiros figueiroenses, José Carlos Quintas, agradeceu a “vertente solidária, altruísta e a responsabilidade social” das duas entidades, e explicando que assim a associação fica “melhor apetrechada para responder a situações de emergência”. “A região e os nossos bombeiros ficam com melhores condições para exercerem a sua missão de socorro, na proteção de pessoas e bens”, completou.
Atos destes incentivam a trabalhar em prol de uma causa que é a causa comunitária, destacou ainda José Carlos Quintas.

Depois de, recentemente ter estado na região a entregar chaves de casas que também ajudou a reconstruir, Fernando Gomes, presidente da FPF, entregou agora a chave desta viatura porque, no seu entender, “organizações com responsabilidades não podem ficar alheias aos trágicos acontecimentos do ano passado no país”.
Por cada bilhete vendido a federação retirou um euro para esta causa e Fernando Gomes reforçou a intenção de continuar a ajudar neste tipo de ações e “tudo o que pudermos fazer enquanto entidade de utilidade pública na ajuda às populações e instituições, aqui estamos a dar a cara e a ajudar para que, se acontecer algo idêntico, vocês tenham outras condições para o combate”, reiterou.
A Vodafone contribuiu nesta ação com 100 mil euros. Mário Vaz, administrador delegado da empresa viu com este ato o cumprimento daquilo que é a sua responsabilidade social, “dando aos portugueses um pouco do muito que nos dão”, disse. O sentimento demonstrado foi, por um lado de “satisfação” mas por outro de “insatisfação porque a causa que nos levou à atribuição desta viatura foi dolorosa, com perdas de vidas e que levou a um grande sacrifício e consequências”, sublinhou, esperando “que não se repita no futuro”.

Esta era uma viatura há muito desejada pelos bombeiros e a candidatura que submeteram ao Quadro Comunitário de Apoio não foi aprovada. Assim, esta doação foi “ouro sobre azul e veio encaixar naquilo que os bombeiros queriam”, deu conta o presidente da câmara, Jorge Abreu.
Esta nova viatura estará ao serviço, não só dos bombeiros de Figueiró mas também das restantes corporações do norte do Distrito de Leiria, ou seja, Castanheira de Pera e Pedrógão Grande, bem como do país, desde que seja solicitada. Independentemente da situação que levou a esta doação, o momento foi de “orgulho”, disse também o autarca.
O comandante dos BVFV, Paulo Renato, explicou que a nova viatura florestal de combate a incêndios vem substituir um veículo com 42 anos, que já não oferecia condições de operacionalidade nem de segurança para os tripulantes e vem “permitir um trabalho com mais rapidez e mais seguro”, sublinhou o comandante, que aguarda ainda a chegada durante o verão de dois novos veículos de combate a incêndios florestais.
No final da cerimónia foi entregue um diploma a Fernando Gomes e a Mário Vaz um diploma de sócios beneméritos da Associação Humanitária dos BVVF.


ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
12517
Ontem
39830
Este mês
619023
Total
15938205
Visitantes Online
25