Imprimir

Foi apresentado esta manhã, no Cine Teatro Tasso do Clube da Sertã, o livro de “Textos inéditos sobre o PE. Manuel Antunes SJ”.

A iniciativa esteve integrada na Maratona de Leitura - 24 Horas a Ler”, que se prolonga até à meia-noite. Trata-se de um livro que apresenta oito textos nunca lidos, exceto o do General Ramalho Eanes. Escrevem assim nesta obra, além do nome já referido, Aires A. Nacimento, Joana Lopes, José Eduardo Franco, Miguel-Manso, Rui Lopes, Vergílio Alberto Vieira e Miguel Real. Este último chegou a privar com o Padre Manuel Antunes e descreveu à Rádio Condestável uma pessoa “afável, correta  e humilde” que é um exemplo por ter “vindo do nada e ter atingido os píncaros do pensamento e da pedagogia em Portugal e da pedagogia política”.
Estão assim presentes, ao longo de quase 100 páginas “testemunhos de pessoas que conviveram com ele e de pessoas que não conviveram mas que o Padre Manuel Antunes diz algo ou que, em determinados períodos das suas vidas disse alguma coisa”, descreveu António Martins, apresentador da obra.

Este que foi considerado “um dos melhores entre os maiores”, tem como estudioso José Eduardo Franco. Para este historiador é de elementar “justiça”, dar cada vez mais a conhecer os pensamentos do pedagogo, trazendo “para a atualidade e para as gerações futuras o legado inspirador do Padre Manuel Antunes”, na medida em que “teve um pensamento prospetivo e muitos dos seus textos lê-se hoje como tendo ainda uma grande atualidade e pertinência”, destacou.
Tendo em conta o seu pensamento prospetivo, José Eduardo Franco considera que todas as pessoas deveriam ler os textos deste padre, nomeadamente a classe política, começando pela Obra “Repensar Portugal” pois “é um manual de cultura e de ética política que ainda hoje pode ser lido com um benefício extraordinário pela sua atualidade”, descreveu, acrescentando que fala, entre outros aspetos “da fisionomia do poder e do que ele deve ser no seu sentido nobre, dos grande vícios da política portuguesa e das soluções para curar esses vícios, do que deve ser a orientação a dar à construção de uma democracia sólida e profunda, bem como das motivações do poder”.
Para os presentes, “o Padre Manuel Antunes é o sertaginense que os sertaginenses não conhecem mas que deviam conhecer”.


ofertaB baseStandFrigi

Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
9544
Ontem
25268
Este mês
407076
Total
16565690
Visitantes Online
19