Imprimir

Decorre esta tarde, pelas 17:00, em Pedrógão Grande, uma sessão de Assembleia Municipal para "análise da execução da aplicação de fundos doados às diversas instituições para recuperação de património habitacional na sequência dos fogos de 2017”.

O ponto é único, a sessão é pública e de caráter extraordinário e decorrerá no Salão Nobre dos Paços do Concelho.
De acordo com a Lusa, para a mesma hora, um grupo de cidadãos marcou uma reunião, junto aos Paços do Concelho, “para exigir a demissão do executivo camarário face às evidências de compadrio e de desrespeito pelas mais vulneráveis e indefesas vítimas dos incêndios” de 17 junho de 2017.
De recordar que o grande incêndio que deflagrou em 17 de junho de 2017, em Escalos Fundeiros, concelho de Pedrógão Grande, e que alastrou depois a concelhos vizinhos, provocou 66 mortos e 253 feridos, sete deles com gravidade, tendo destruído cerca de 500 casas, 261 das quais eram habitações permanentes, e 50 empresas.
Em junho, eram 10 os arguidos, todos pessoas singulares, no inquérito relacionado com os incêndios de Pedrógão Grande, de acordo com a Procuradoria-Geral Distrital de Coimbra.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
6643
Ontem
23255
Este mês
548335
Total
18265448
Visitantes Online
36