Imprimir

Igrejas de Bêco, Areias e Dornes vão estar abertas ao público diariamente… Chama-se "Operação Beco e Dornes – Conservar o passado para promover o futuro" e é um projeto que visa requalificar os imóveis religiosos do concelho de Ferreira do Zêzere concretamente a Igreja Matriz de Bêco, de Areias e de Dornes, bem como a Torre Pentagonal de Dornes.

É promovido pela Câmara Municipal de Ferreira do Zezere e pela Fábrica da Igreja Paroquial do Bêco, tem um orçamento global de cerca de 428.830,00 euros, candidatura aprovada com financiamento por parte do Turismo de Portugal em 90%, no âmbito do programa VALORIZAR. O restante montante será assegurado pela autarquia ferreirense e pela paróquia. O projeto foi apresentado esta quarta-feira, 5 de dezembro, em Dornes e o seu objetivo é “conservar e restaurar o patromónio religioso local”, confirmou o pároco Manuel Vaz Patto, pois “é uma mais-valia ao nível do turismo religioso, para a população local e também para valorização económica”, resumiu. Além destes fatores, “queremos que haja uma concertação entre um património riquíssimo a nível natural, histórico e religioso e que não está identificado ou valorizado em temos turísticos”, sustentou
Algumas obras já estão em curso, como é o caso da Igreja Matriz de Bêco, e por isso este é também “um projeto pioneiro”, confirmou o vereador do turismo na câmara de ferreirense, Hélio Antunes. De referir que a igreja de Bêco é o imóvel que irá sofrer uma maior intervenção, seguindo-se os restantes ao longo de 2019.

Espaços religiosos vão estar sempre abertos ao público

O último passo desta candidatura será criar um roteiro religioso, com a existência de um percurso pedestre, acessível a todos e que será designado “Zêzere Sagrado”, terá ligação aos Caminhos de Santiago e Rotas de Peregrinação a Fátima. Irá agregar os referidos imóveis, sendo que se trata “de um investimento muito importante pois estamos a falar de um património que tem dono, ou seja a Igreja, e têm que ser eles a ter vontade de o manter aberto e a funcionar”, disse o vereador do turismo, algo que já está a contecer em Dornes. A população local, voluntariamente, mantém aberta, deste março, a Igreja de Nossa Senhora do Pranto, aos sábados, domingos e feriados, durante todo o dia e nos restantes dias da semana, na parte da tarde.

Igreja de Dornes vai ter um Museu dos Círios

Entre as obras previstas, a Igreja de Dornes irá ter um Museu dos Círios, velas de tamanho considerável que foram outrora oferecidas a Nossa Senhora do Pranto e que representam quatro distritos e mais de 20 municípios, onde se inclui também o Círio de Cernache do Bonjardim, o mais antigo da coleção. O museu vai ser construído na sacristia da Igreja de Dornes.
Quem também se “congratula com esta iniciativa” é a Junta de Freguesia de Dornes. O seu presidente, Manuel Nunes, confirmou que “já há muitos anos ambicionávamos estas obras, nomeadamente na Torre Pentagonal”. Esta envolvência entre freguesias “traz uma mais-valia para toda esta zona norte do concelho”, atestou o autarca.

Projeto trará desenvolvimento para as freguesias

Pretende-se que este projeto, projete o futuro e traga mais turistas, desenvolvendo assim os locais e, consequentemente o concelho que estará preparado para os receber, garantiu o vereador Hélio Antunes, divulgando outras obras previstas para, neste caso, Dornes. Envolverão as infraestruturas básicas, tornando “a aldeia mais agradável a quem visita, mais genuína e pretendem voltar a mostrá-la como era há um século atrás”, disse. Serão assim retirados os cabos elétricos, requalificadas as casas de banho públicas e ao nível de investimento privado está prevista a abertura de uma unidade de turismo rural. “Contamos que, junto com o desenvolvimento turístico surgam lojas de artesanato e de produtos locais”, acrescentou.
O projeto é também pioneiro porque junta as três paróquias e conta com os apoios das três juntas de freguesia e da autarquia, disse ainda Manuel Vaz Patto.

Esta candidatura não inclui as obras na Torre Pentagonal, apenas o projeto. Uma vez aprovada outra candidatura, as obras terão início (possivelmente em 2020) e envolverão um montante de cerca de 80 mil euros para construção de acesso seguro e acessível a todos à torre que terá um miradouro de 360º e duas salas, a primeira com uma exposição relacionada com os templários e o patamar sineiro.
Mesmo antes das obras estarem todas concluídas, todos os espaços estarão abertos ao público.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
21747
Ontem
35936
Este mês
554768
Total
21115365
Visitantes Online
33