Imprimir

Antes de sair tem que dizer: ‘Consegui a 238’” - Jorge Coluna, vereador do PSD no executivo camarário…Na última reunião do executivo camarário da Sertã, fechada ao público, foi aprovada uma moção, a enviar ao Ministério do Planeamento e das Infraestruturas, a reforçar a perigosidade da Estrada Nacional 238.

Na reunião desta quinta-feira, 6 de dezembro, os vereadores do PSD, Cláudia André e Jorge Coluna voltaram a falar do assunto. Cláudia André pediu para que fosse feita uma nota à imprensa a dar conta dessa tomada de posição por parte de todo o executivo e Jorge Coluna relembrou que tinha ficado assente dar conhecimento à comunicação social da mesma tomada de posição.
Por outro lado, o vereador lembrou que vai ser negociado, em sede parlamentar, um investimento nas obras públicas, pedindo assim ao presidente da câmara, José Farinha Nunes, uma “intervenção forte” a reclamar esta obra. “Esta negociação é a última oportunidade que vamos ter e esta tem que ser a sua última bandeira deste mandato. Antes de sair tem que dizer: ‘Consegui a 238’”, sustentou Jorge Coluna, dirigindo-se ao presidente da câmara.

Em matéria de custos, um estudo já feito diz que as obras, só na parte do concelho da Sertã, em cerca de 5km, orçam em “4 milhões de euros com viaduto e 2 milhões sem viaduto”, anunciou José Farinha Nunes. Mas se as obras forem feitas neste troço, fica o de Ferreira com cerca de 14 km e o problema “não ficava resolvido”. “O que o Governo pretende é ver se é sustentável a aplicação de 14 ou 15 milhões de euros”, adiantou.
O autarca sertaginense apontou ainda uma outra condicionante, ou seja, o projeto de viabilidade económica e que avalia “se a economia beneficia, a curto prazo, do investimento que o Estado faz”. Neste caso o vereador social-democrata aconselhou o presidente a responder com o passado, ou seja, “não temos que pensar nos 20 anos para o futuro mas nos 40 para o passado. O problema não é de agora. Todos dizem que é urgente fazer mas depois não há decisões”, lamentou, chegando mesmo a levantar a hipótese de ser a câmara fazer a obra, mas “mesmo com o estudo de viabilidade económica, sem verbas europeias, duvido que se consiga”, atestou José Farinha Nunes.


Av. Dr. Abílio Marçal, Lote 1 B 6100-267 Cernache do Bonjardim

geral@radiocondestavel.pt

Telefone: Geral: 274 800 020

Redacção: 274 800 028/7

Tempo Cernache Do Bonjardim


Estatísticas

Hoje
22278
Ontem
35936
Este mês
555299
Total
21115896
Visitantes Online
29