AUTÁRQUICAS 2021: CDU realizou ação de campanha junto da população

Partido reivindica questões “essenciais” para todas as pessoas, sem exceção.

AUTÁRQUICAS 2021: CDU realizou ação de campanha junto da população

A CDU realizou esta manhã de 17 de setembro, uma ação de campanha na Sertã em conjunto com militantes do partido ecologista os Verdes e do Partido Comunista Português, em que visitou a feira ao ar livre no cimo da vila e contactou com a população sertaginense.
No final, em conferência de imprensa junto ao mercado municipal, a candidata à Câmara Municipal da Sertã, Ema Gomes, explicou que este espaço foi o escolhido para a referida conferência para “simbolizar a nossa luta. Desde 2013 que andamos a lutar para que o mercado da Sertã tenha condições. Ele está agora renovado e valorizamos essa situação no entanto, se está terminado, porque continuamos com a feira e mercado de produtos hortícolas com poucas condições, nomeadamente em termos de acessibilidade, sendo quase impossível uma pessoa de cadeira de rodas conseguir deslocar-se à feira”, analisou.
A CDU reclama mais e melhor mobilidade, nomeadamente na disponibilização de transporte para as pessoas se poderem deslocar à sede de concelho. Esta campanha está também assente na questão da água pública e na garantia de abastecimento de água a todas as pessoas. Ema Gomes quer que este bem essencial esteja disponível para todos. “Sabemos que em algumas freguesias a água falta com frequência. Para nós é uma negação de um direito que todos os cidadãos têm e, existindo abastecimento público, não se entende como é que ainda há casas onde a água falha em épocas de maior sazonalidade e há freguesias que ficam sem água”, disse.

Na área da floresta, a candidata lamenta que na Sertã continue a vingar a monocultura do eucalipto, facto que se reflete nos incêndios, “uma calamidade a que não nos podemos resignar”, sustentou, logo há que investir na “formação de jovens para trabalhar na floresta, criar condições para que as escolas profissionais e secundária tenham uma vertente ligada à sensibilização dos mesmos para a floresta e das pessoas para plantarem espécies autóctones”, enumerou.
A CDU também se tem debatido pela saúde e no caso da Sertã existem algumas lacunas que a candidata relembrou. Apesar de ter recebido obras recentemente, o Centro de Saúde da Sertã “continua a não corresponder às expectativas”, apontou, falando do “RX que ainda está avariado” e das “pessoas que continuam a não ter acesso à saúde, continuando a ser muito difícil marcarem consultas. Em Cernache do Bonjardim, a extensão de saúde tem perdido muitos utentes dada a resposta que não existe”, apontou, lamentando que, no que respeita ao Plano de Saúde Oral, “apesar de ter todo o material na Sertã, ainda não foi implementado”. O partido vai, assim, continuar a “debater-se para que a Sertã e Cernache tenham condições dignas de saúde e para que, nas freguesias, continue a existir um médico e um enfermeiro, para criar uma saúde de proximidade”.
Relativamente à educação, o partido pretende que “todas as escolas do município tenham condições e qualidade de ensino” e “garantir que todos os alunos, independentemente da sua localidade, tenham uma resposta escolar”. Outro dos objetivos é “aumentar a Ocupação de Tempos Livres em férias escolares e auxiliar todas as famílias na aquisição de material escolar, bem como garantir que a internet chega a todos os locais do concelho”.
Nesta conferência esteve também a candidata à Junta de Freguesia da Sertã, Carolina Santos. No seu entender, além do já elencado, era importante a cultura chegar a todos, pois “muitas vezes as poucas atividades que existem são muito centralizadas e algumas exigem deslocações à Sertã que, devido à falta de transportes públicos, não é possível fazer para uma parte significativa da população”.

Partilhar: