BEIRA BAIXA: Comunidade apostada em valorizar os recursos humanos

CIMBB e Universidade de Coimbra assinaram protocolo.

BEIRA BAIXA: Comunidade apostada em valorizar os recursos humanos

A Comunidade Intermunicipal da Beira Baixa (CIMBB) e a Universidade de Coimbra (UC) assinaram, no dia de ontem, 28 de julho, um protocolo de colaboração no âmbito da candidatura aos programas Impulsos Jovens STEAM e Incentivo Adultos. Este visa o desenvolvimento de projetos para aumentar as competências de adultos e potenciar a transição dos jovens para o ensino superior.
Para João Lobo, presidente da CIMBB é com satisfação que se dá este passo na qualificação de adultos:

O protocolo de colaboração assinado com a UC no âmbito do projeto Living the Future Academy está focado no desenvolvimento de atividades e projetos conjuntos, cujo objetivo é o aumento das competências das populações e o potenciar da transição dos jovens para o ensino superior.
A candidatura foi proposta por um consórcio liderado pela UC e que congrega ainda os Institutos Politécnicos de Viseu e da Guarda, a Escola Superior de Enfermagem de Coimbra e a Universidade dos Açores.
O projeto, para desenvolver em quatro anos, tem uma dotação financeira de 16,5 milhões de euros, sendo que 45% deste valor é destinado aos programas Impulso Jovens STEAM e 55% da verba destina-se ao Incentivo Adultos.
A educação ao longo da vida está materializada no próximo Quadro Comunitário de Apoio e por isso é também importante para estes territórios terem acesso a essas formações, disse ainda João Lobo:

Este projeto tem a intenção de ter uma presença territorial na região Centro. Estão já envolvidas seis CIM e cerca de 80 municípios no projeto. Uma universidade global como a de Coimbra quer-se que também seja local, explicou o reitor da UC, Amílcar Falcão:

Esta ligação às comunidades intermunicipais é de extrema importância para a Universidade e é uma forma de se falar com os municípios da qual fazem parte, disse ainda Amílcar Falcão:

Este projeto tem por objetivo, entre outros, criar raízes duradouras, destacou a vice-reitora da UC, Cristina Albuquerque:

Além da CIMBB, integram igualmente este projeto, as CIM Viseu Dão Lafões, Coimbra, Oeste, Médio Tejo e Beiras e Serra da Estrela, faltando apenas Leiria e Aveiro.
A CIMBB integra os municípios de Castelo Branco, Idanha-a-Nova, Oleiros, Penamacor, Proença-a-Nova e Vila Velha de Ródão.

Partilhar: