CASTELO BRANCO: GNR apreende armas e munições ilegais

Identificou e constituiu arguido um homem de 54 anos.

CASTELO BRANCO: GNR apreende armas e munições ilegais

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR, apreendeu no passado dia 6 de julho, armas e munições em situação ilegal, no concelho de Castelo Branco.
Na sequência da ação foi identificado e constituído arguido um homem de 54 anos por posse ilegal de armas, e os factos foram comunicados ao Ministério Público de Castelo Branco, explica a GNR em comunicado. 
A mesma força de segurança adianta que “no âmbito de uma investigação por posse de arma proibida, os militares da Guarda realizaram diversas diligências policiais que culminaram com o cumprimento de dois mandados de busca, uma domiciliária e uma em veículo, as quais permitiram constatar a existência de armas e munições”.

Neste âmbito foram apreendidas:

• Três armas de ar comprimido;
• Um revólver;
• Uma pistola;
• 71 munições de diversos calibres.

A ação contou com o reforço do Posto Territorial de Castelo Branco, Núcleo de Proteção Ambiental (NPA) do Destacamento de Castelo Branco e meios cinotécnicos do Destacamento de Intervenção (DI) de Castelo Branco.
A GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.

Partilhar: