CASTELO BRANCO: Município promoveu território na Bolsa de Viagens

Entre os dias 4 e 6 deste mês.

CASTELO BRANCO: Município promoveu território na Bolsa de Viagens

O Município de Castelo Branco participou na Bolsa de Viagens powered by BTL, que decorreu de 4 a 6 junho de 2021, na FIL - Centro de Congressos e Exposições de Lisboa, sob o mote Natureza, Sabor e Cultura.
O evento, que veio substituir a Bolsa de Turismo de Lisboa – BTL 2021, adiada para 2022, decorreu entre 4 e 6 de junho, na FIL, em Lisboa.
O Município de Castelo Branco participou neste certame, como refere a autarquia em nota enviada à comunicação social “com o objetivo de divulgar os seus produtos e serviços ao cliente final. Esta foi uma forma de apoiar as empresas e operadores de pequena e média dimensão, tentando alavancar os negócios e a economia local”. A edilidade convidou os agentes turísticos da região a estarem presentes. Para a autarquia, esta participação foi encarada como “uma grande oportunidade de apoiar os operadores turísticos da região, esperando que seja o início da retoma de um setor que tem uma grande importância na economia local”, avançou o presidente José Augusto Alves.
Segundo a Fundação AIP, entidade organizadora do evento, “este espaço assumiu-se como uma plataforma de apoio à retoma do turismo nacional, tendo como missão promover, patrocinar e realizar ações que visem o desenvolvimento das atividades das empresas portuguesas”.
O evento contou com cerca de 80 expositores e teve particular enfoque no mercado português, procurando cativar os turistas portugueses para os destinos nacionais.
De acordo com um inquérito, 85% dos visitantes planeia fazer férias em 2021, e 15,5% dos inquiridos comprou as suas férias na Bolsa de Viagens, 57,5% referiram que, não tendo fechado a compra no evento, identificaram oportunidades que poderão adquirir nos próximos dias, comprovando o potencial de resultados de negócio do evento a médio/longo prazo.

Partilhar: