CASTELO BRANCO: Vencedores de prémio internacional já são conhecidos

Um português e um venezuelano ganharam edição deste ano.

 CASTELO BRANCO: Vencedores de prémio internacional já são conhecidos

Este ano o prémio internacional de poesia António Salvado – Cidade de Castelo Branco 2021, contou com a participação de cerca de 1200 poetas, sendo que Fernando Fitas, com o livro “Elegia dos Pássaros” foi o vencedor na categoria de língua portuguesa, e o venezuelano Ernesto Román Orozco, com a obra "Ángel Áspero”, venceu a categoria de língua castelhana.
Foram ainda atribuídas duas menções honrosas, uma a Renato Filipe e Silva Cardoso, pelo livro "Passageiro do Real”, e outra a Maria Alejandra Chemes, autora argentina, pela obra "Armadura y Escotes”.
O anúncio foi feito, em conferência de imprensa, no passado dia 20 de fevereiro, data em que o poeta português António Salvado, completou 85 anos de vida.
Esta foi uma iniciativa promovida pela Freguesia de Castelo Branco, em parceria com a câmara municipal.
O júri do prémio incluiu escritores, investigadores e professores de literatura, de Portugal e de Espanha, como sendo António Cândido Franco, António dos Santos Pereira, Enrique Cabero, Fernando Paulouro, José Dias Pires, Manuel Nunes, Maria de Lurdes Gouveia da Costa Barata, Paulo Samuel, Pompeu Martins, Rita Taborda Duarte e Vítor Oliveira Mateus.

Partilhar: