CERNACHE DO BONJARDIM: GDVS já tem autocarro próprio

Viatura de 51 lugares foi apresentada ontem, 14 de maio, e suprime uma necessidade do clube.

CERNACHE DO BONJARDIM:  GDVS já tem autocarro próprio

A viatura, que também foi benzida ontem, destina-se essencialmente ao transporte das equipas de futebol do Grupo Desportivo Vitória de Sernache (GDVS) nas suas deslocações ao longo das épocas desportivas. Contudo, se for necessário, estará também "ao serviço da população em geral", disse António Joaquim, presidente da direção do GDVS, garantindo que esta era uma aquisição “necessária para o dia a dia da coletividade”. Lembrando que os últimos anos têm sido “fantásticos” para o clube, sublinhou que “este é o primeiro autocarro propriedade do GDVS” e por isso, ao fim de 72 anos de história, este é “mais um culminar” positivo para o clube.
Na cerimónia de apresentação e bênção do pesado de passageiros, viatura adquirida em segunda mão mas cujo valor não foi revelado, esteve o presidente da Câmara Municipal da Sertã, José Farinha Nunes. Considerando que, com esta aquisição, a direção se “preocupou em diminuir os custos da coletividade”, o autarca disse igualmente que ela é um exemplo de “boa gestão do clube”, mesmo porque “o autocarro está pago e isso mostra o cuidado e a preocupação que há em gerir bem”.
O dia foi “importante para todos”, notou Filomena Bernardo, presidente da Junta da União de Freguesias de Cernache do Bonjardim, Nesperal e Palhais, enaltecendo também a forma de trabalhar do presidente do clube cernachense. Lembrando outras realizações como a Gala, a edição de um livro ou as vitórias no campeonato, a autarca disse que “este autocarro é a chave de tudo o que foi feito”.
Quem também marcou presença em Cernache do Bonjardim foi Manuel Candeias, presidente da Associação de Futebol de Castelo Branco, tendo dirigido os parabéns ao Vitória de Sernache por esta aquisição considerando-a “um grande sucesso deste clube”.
De acrescentar que são padrinhos da viatura “todos os que, para trás trabalharam e que ao longo dos tempos fizeram e fazem parte do clube”, rematou ainda António Joaquim.

Partilhar: