CERNACHE DO BONJARDIM: Lar da Casa da Poesia regista primeira morte Covid

O surto de Covid-19 no lar da Casa da Poesia em Cernache do Bonjardim provocou, este fim-de-semana a primeira morte. uma mulher de 98 anos.

CERNACHE DO BONJARDIM: Lar da Casa da Poesia regista primeira morte Covid

Registou-se este fim-de-semana a primeira vítima mortal causada pela Covid-19 no lar da Casa da Poesia, valência do Centro Social S. Nuno de Santa Maria, em Cernache do Bonjardim.

Trata-se de uma mulher de 98 anos. Refira-se que neste mês de janeiro foi detetado um surto de Covid-19, entre os utentes desta Estrutura Residencial para Idosos, em que 35 dos 40 utentes testaram positivo para o novo coronavírus.
No caso desta mulher, “tinha também algumas comorbilidades e não resistiu, com muita pena nossa”, lamentou Joaquim Filipe Patrício, presidente da instituição. Os restantes utentes estão numa situação estável mas é provável que haja mais alguma situação de morte pois "isto é uma doença em que, em horas, se altera tudo", explicou.
Entre as 16 colaboradoras infetadas no início, neste momento já há algumas a regressar ao trabalho mas a gestão de pessoal, quando as pessoas ficaram mais infetadas “foi um período muito difícil para nós”, reconheceu, mesmo com a vinda de uma das duas pessoas previstas pela Cruz Vermelha Portuguesa. “Tivemos que nos resumir à prata da casa e neste momento com o regresso de alguns colaboradores as coisas ficam mais equilibradas”, explicou.
Na próxima quarta-feira todos os colaboradores e utentes serão testados novamente para perceber da evolução deste surto, disse ainda Joaquim Filipe Patrício.

Partilhar: