CERNACHE DO BONJARDIM: Roubo violento no Bar Pacífico

Aconteceu esta madrugada. Proprietário e assaltante envolveram-se numa luta corpo a corpo.

CERNACHE DO BONJARDIM: Roubo violento no Bar Pacífico

O Bar Pacífico em Cernache do Bonjardim foi roubado esta madrugada. Cerca das 04:00, José Almiro Fernandes, proprietário do espaço percebeu que algo não estava bem quando se aproximou da porta de entrada do seu estabelecimento. À Rádio Condestável (RC) descreveu que, antes de ir fazer um outro serviço foi ao bar para tomar café e viu a porta arrombada. Abriu-a devagar e “terá surpreendido um suspeito no interior do estabelecimento”, descreve o Oficial de Relações Públicas do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR, Capitão Jorge Massano, avançando que “o suspeito, por forma a consumar o ato (roubo) agrediu o proprietário e colocou-se em fuga”.

Ora, e como ilustra José Almiro, já no interior do bar, “o indivíduo empurrou-me e eu caí e bati com a cabeça no chão e com o braço na máquina de flippers”. A partir daqui desenvolveu-se uma luta violenta, corpo a corpo, entre o assaltante e o proprietário, cujas marcas são visíveis na foto ao lado. “Tentou sufocar-me mas eu consegui livrar-me e ele fugiu”, disse.
Do local foi levado dinheiro das máquinas de brindes e de flippers, cuja quantia não está apurada. Já da máquina registadora foram levados 100 euros. “Ainda abriu a máquina de tabaco mas não levou nada”, acrescentou o lesado. Para trás o assaltante deixou ainda um grande rasto de destruição, acrescentou.
José Almiro apresentou queixa na GNR, força que esteve, durante esta manhã a recolher indícios no local. À Rádio Condestável o dono do estabelecimento disse ainda que “se eu não tivesse genica e sangue, ele matava-me”.
A GNR está a investigar, adianta ainda o Capitão Jorge Massano.

Partilhar: