Comunidade disposta a avançar com requalificação da EN238

Mas não será um traçado novo… A Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIM Médio Tejo) está disposta a avançar com a obra de requalificação da Estrada Nacional 238, desde que o Estado garanta o financiamento da mesma.

Comunidade disposta a avançar com requalificação da EN238

A novidade foi avançada por Anabela Freitas, presidente da CIM, no decorrer da última reunião da Assembleia Intermunicipal.

Nesta reunião foi aprovado, por maioria, o plano e orçamento para 2021 da CIM Médio Tejo no valor de 10 milhões de euros.

Aquando da abordagem do Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial desta CIM, e na rúbrica dos projetos de acessibilidades, a presidente foi clara ao se referir à Estrada Nacional 238. “Estamos disponíveis para sermos o dono da obra desde que o dinheiro venha”, disse, ciente de que “normalmente as câmaras são mais rápidas do que a Administração Central a executar e estamos disponíveis para fazermos parcerias com a Administração Central no sentido de executarmos mais rapidamente”.

Refira-se que a requalificação desta estrada já tem projeto de execução e “estamos em condições, caso consigamos contratualizar com a Administração Central, em lançar a obra”, reforçou Anabela Freitas.
De registar que em nenhuma ocasião desta reunião se falou de um novo traçado para esta via, conforme autarcas e população há muito desejam.

Partilhar: