DISTRITO/Incêndios: Dispositivo de combate aumenta ligeiramente este ano

834 operacionais, 183 veículos e cinco meios aéreos.

DISTRITO/Incêndios: Dispositivo de combate aumenta ligeiramente este ano

O distrito de Castelo Branco conta este ano com um dispositivo de combate a incêndios composto por 180 equipas, que incluem 834 operacionais, 183 veículos, três helicópteros e dois bombardeiros médios, anunciou o Comandante da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil de Castelo Branco, Francisco Peraboa.
Este aumento de cerca de 30 operacionais deve-se, sobretudo, aos incrementos, nos últimos anos, das equipas de sapadores florestais, disse ainda o comandante.
Estas equipas contam agora com 190 operacionais e 38 veículos no distrito de Castelo Branco, número que Francisco Peraboa considerou "muito significativo", explicou.
O distrito conta também com o grupo de força especial de Proteção Civil, cuja primeira companhia está sediada em Proença-a-Nova.
Já a estrutura de meios aéreos mantém-se inalterada face ao ano passado.
No distrito de Castelo Branco, mantêm-se os três helicópteros no "nível de empenhamento quatro", distribuídos por Covilhã, Castelo Branco e Proença-a-Nova, sendo que em Castelo Branco está estacionado um helicóptero médio e os outros dois são ligeiros.
Por último, a estrutura nacional da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) permanece na Base de Apoio Logístico de Castelo Branco (BAL), com uma parelha de aviões Canadair.

Partilhar: