ESTRADA: Campanha “Cinto-me Vivo” registou 20 mil infrações

GNR e PSP fazem balanço da campanha

ESTRADA: Campanha “Cinto-me Vivo” registou 20 mil infrações

A Campanha de Segurança Rodoviária “Cinto-me vivo”, da responsabilidade da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), da Guarda Nacional Republicana (GNR) e da Polícia de Segurança Pública (PSP), decorreu nos dias 12 a 19 de setembro e teve como objetivo alertar os condutores e passageiros para a importância de utilizarem sempre, e de forma correta, os dispositivos de segurança.
De acordo com um comunicado da GNR, na campanha foram sensibilizados 364 condutores e passageiros no Continente e na Região Autónoma da Madeira, a quem foi dito para utilizar sempre uma cadeirinha homologada, devidamente instalada, e adaptada à altura e peso da criança, utilizar sempre o cinto de segurança, em todos os lugares do veículo, e em todos os percursos, mesmo nos de curta distância e o capacete de modelo aprovado, devidamente ajustado e apertado.
Durante as operações das Forças de Segurança, realizadas entre os dias 12 e 19 de setembro, foram fiscalizados presencialmente em Portugal 95.073 veículos, tendo sido registado um total de 20.365 infrações, das quais 966 relativas à não utilização ou utilização incorreta dos dispositivos de segurança.
Esta campanha contou, uma vez mais, com a participação do serviço da administração regional da Região Autónoma da Madeira na realização de ações de sensibilização, completando o trabalho de fiscalização que tem sido realizado pelos comandos Regionais da PSP.
Inserida no Plano Nacional de Fiscalização de 2022, a campanha foi divulgada nos meios digitais e através de cinco ações de sensibilização da ANSR, realizadas em simultâneo com as operações de fiscalização da responsabilidade da GNR e PSP, nas localidades de Carcavelos, Bragança, Viseu, Vila Real, Viana do Castelo, Portalegre. Idênticas ações ocorreram na Região Autónoma da Madeira.

Partilhar: