FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Alicerces da SONUMA são referência para o futuro

Complexo empresarial foi inaugurado esta manhã.

FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Alicerces da SONUMA são referência para o futuro

Depois de duas tentativas falhadas, por causa da pandemia da Covid-19, está oficialmente inaugurado o Complexo Empresarial SONUMA no concelho de Figueiró dos Vinhos.
O espaço foi inaugurado pela Ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa numa “SONUMA que não é a mesma mas que continua a cumprir o seu objetivo, que é criar riqueza e emprego, e a desenvolver o território”, definiu. Para a ministra esse desenvolvimento tem que passar por “apoiar os jovens a desenvolverem os seus modelos de negócios, as empresas a serem cada vez mais inovadoras e a encontrarem fontes de financiamento e tornar os territórios mais aprazíveis”. A ministra deu ainda conta que há muitos empresários que não vêm para o interior porque não têm espaço para tal e por isso estes espaços são importantes.

Este foi um projeto que começou a ser trabalhado em 2017, antes dos incêndios desse ano e que acabou por beneficiar do olhar diferenciado que, a partir desse ano, se instalou neste território, como referiu Jorge abreu, presidente da Câmara Municipal de Figueiró dos Vinhos. Para o futuro o autarca espera que não sejam precisas novas tragédias para continuar a acreditar e a apoiar o interior. “Para o futuro esperamos continuar a contar com o apoio de programas como o Centro 2020 e deixamos a expectativa de poder replicar este modelo, mantendo as características essenciais, assim existam mecanismos de financiamento que nos possam continuar a auxiliar”, disse.
No final o presidente da câmara deixou um agradecimento aos fundadores da empresa que hoje perdura no complexo empresarial, ou seja António Simões de Sousa, José Abreu Nunes, José Pedro Machado e José Guerreiro Machado, “um grupo de homens visionários e empreendedores que há décadas marcaram uma página na história do concelho e criaram uma empresa que atravessou gerações e que muito contribuiu para o desenvolvimento económico de Figueiró dos Vinhos”, vincou.
Presente na inauguração esteve igualmente Isabel Damasceno, presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro que, uma vez mais, destacou o papel solidário da União Europeia, essencial para a concretização de projetos como este, e que “por vezes é esquecido”, notou.

Artigos Relacionados

Partilhar: