FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Dia Internacional das Florestas assinalado com plantação de árvores

Autarquia plantou espécies autóctones nas Fragas de São Simão e no Cabeço do Peão.

FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Dia Internacional das Florestas assinalado com plantação de árvores

Assinalou-se este domingo, 21 de março, o Dia Internacional das Florestas e como mote a câmara de Figueiró dos Vinhos deu mais um passo na concretização de um projeto municipal projetado a médio e longo prazo: a reflorestação da zona envolvente das Fragas de São Simão e da Mata Municipal do Cabeço do Peão.
As Fragas de São Simão são um dos locais do concelho mais procurados, quer por turistas quer por figueiroenses, principalmente por permitir o encontro com a natureza no seu estado mais puro. A zona foi, por isso, recentemente intervencionada com a implementação de um projeto turístico-ambiental, que compreendeu, inicialmente, a ação em duas frentes: por um lado procedeu-se à reabilitação e requalificação dos ecossistemas ribeirinhos em toda a Ribeira de Alge, com a remoção de espécies arbóreas exóticas e decrépitas, e promoção da plantação e/ou sementeira de espécies autóctones; por outro lado, levou-se a cabo a execução de um percurso pedestre que ligou 3 locais emblemáticos: Miradouro, Praia Fluvial e a Aldeia do Xisto do Casal de S. Simão. Esta última intervenção, ocorrida numa área total de 2,4 hectares, até agora ocupado por eucaliptos. Assim, após a remoção desta espécie, ação que por si só reduz drasticamente o risco de incêndio, realizou-se a replantação daquela área com mais de 200 espécies autóctones: medronheiros, sobreiros e carvalhos.
Já na Mata Municipal do Cabeço do Peão, procede-se, atualmente, à remoção de eucaliptos, mimosas e de pinheiros fustigados, há alguns anos, por pragas destruidoras da espécie, sendo substituídos por carvalhos, medronheiros e sobreiros e salvaguardando todos os exemplares de árvores autóctones ali existentes.

Partilhar: