FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Município quer expandir Feira da Doçaria Conventual

Certame arrancou hoje, 30 de outubro, e prolonga-se até dia 1 de novembro.

FIGUEIRÓ DOS VINHOS: Município quer expandir Feira da Doçaria Conventual

Este é o fim-de-semana mais doce no concelho de Figueiró dos Vinhos. O Convento de Nossa Senhora do Carmo dos Carmelitas Descalços recebe hoje, amanhã e segunda-feira, a 15ª Feira de Doçaria Conventual de Figueiró dos Vinhos. Trata-se de uma iniciativa que “é importante para o turismo em Figueiró dos Vinhos e para os doceiros que vêm”, disse à Rádio Condestável o presidente da câmara municipal, Jorge Abreu, considerando que “é uma necessidade imperiosa termos este evento”.
Após o seu cancelamento no ano passado, este ano marcam presença 10 doceiros mas o objetivo da autarquia é ampliar o certame e ter, no mesmo espaço, mais doceiros em anos vindouros. “Não o fizemos agora porque estamos numa fase de transição, mas dada a projeção desta feira, vamos ampliar esta feira”, porque a procura de doceiros é sempre muito grande “vamos tentar dignificar ainda mais esta iniciativa”, explicou o autarca.
A edição deste ano é enriquecida por uma programação cultural onde se destacam as artes plásticas, cénicas e musicais. Ao palco sobem os músicos figueiroenses Nuno Sá e João Gil. A programação contempla ainda o Workshop “Nomes iluminados” destinado aos mais pequenos, teatro com as Companhias ‘Três Irmãos’ e ‘As Contadeiras’ e a peça “Eça Agora”. É também objetivo da autarquia figueiroense continuar a complementar o certame com iniciativas culturais.
Marcam assim presença, até dia 1 de novembro, em Figueiró dos Vinhos, dois doceiros do próprio concelho, ainda de Cernache do Bonjardim, Castanheira de Pera, Tomar, Ovar, Aveiro, Alcobaça, Tentúgal e Évora.
Na edição de 2021, vigorarão, ainda, as necessárias medidas e normas de higiene e segurança preconizadas pelas autoridades de saúde e pelo Governo Português, para que todos, visitantes e doceiros, possam usufruir plenamente deste certame.
O convite fica assim feito a todos quantos queiram viajar na história visitando o convento, um edifício do séc. XVI, erigido por Pero de Alcáçova de Vasconcelos, e saboreando, ao mesmo tempo os segredos dos antepassados.

Partilhar: