MAÇÃO: “A Dobradiça” começa esta semana

Programa multidisciplinar de arte e cultura contemporânea.

MAÇÃO: “A Dobradiça” começa esta semana

Vai ter lugar, a partir do próximo dia 1 de julho, na vila de Mação, um programa multidisciplinar de arte e cultura contemporânea. Designa-se "A Dobradiça" e vai prolongar-se até dia 5 de agosto, visando “ligar realidades aparentemente distantes e dissolver os limites fictícios, propondo um diálogo entre artistas e público, embebendo-se na paisagem (social, natural, construída e desconstruída) e deixando-se contaminar por ela”, descreve a autarquia maçaense em nota enviada à comunicação social.
“O programa da bienal reflete a diversidade da cultura contemporânea. A partir das propostas de artistas de expressões, origens e percursos muito diferentes, cria-se um programa-constelação, vibrante e diverso, pensado para um público heterogéneo. A dobradiça aproxima. O seu propósito é o de encurtar distâncias e contrariar assimetrias, em estreita relação com o território e as pessoas que o habitam”, lê-se igualmente na referida nota.
O evento será de acesso livre, para eliminar todas as barreiras possíveis entre o público e aquilo que se apresenta, facilitando o movimento, a fluidez e a abertura.
São artistas convidados Jennifer Wennefer, Ramiro Guerreiro, Sophie Clements, Joy Gregory, Leni Dothan, Artista residente e Miguel Miceli.
De acordo com o programa, dia 1 de julho, a Fábrica Mirrado acolhe a performance de Jennifer Wennefer, a partir das 18:00 e dia 2 na Escola Secundária de Mação Dalila Carmo fará uma Master class para alunos de teatro. Ainda esta semana, dia 3 Jennifer Wennefer conversa com Dalila Carmo na Fábrica Mirrado a partir das 18:00 e dia 4, domingo, a mesma Jennifer Wennefer fará um Workshop de performance, a partir das 10:00 na Fábrica Mirrado.

Partilhar: