MAÇÃO: Armadilhas já permitiram capturar mil asiáticas fundadoras

Colocação das armadilhas começou em março deste ano.

MAÇÃO: Armadilhas já permitiram capturar mil asiáticas fundadoras

Desde o passado dia 19 de março, data em que começou a colocação de armadilhas de vespa asiática no concelho de Mação, já foram capturadas mais de 1.000 vespas fundadoras por cerca de 300 armadilhas instaladas, informa a Câmara Municipal de Mação em nota enviada à comunicação social.
Trata-se, ainda de acordo com a autarquia, de um esforço que compensa pois “temos evitado a presença e destruição de centenas ou até milhares de ninhos”.
O primeiro ninho neste concelho foi detetado em setembro de 2018 e logo a câmara elaborou um Plano de Intervenção Municipal, que inclui Plano de Contingência e metodologias de atuação, assim como a divulgação de informação pela população, através de folhetos, cartazes e notícias várias.
Caso a população se depare com um ninho, deverá contactar de imediato a câmara municipal, juntas de freguesia ou a Melbandos, Cooperativa de Apicultores de Mação.
A autarquia relembra que “o contacto direto ou a mera aproximação de um ninho a menos de 5 metros pode desencadear uma resposta de grupo extremamente agressiva, podendo as vespas perseguir a fonte de ameaça durante mais de 500 metros, com consequências fatais”.

Partilhar: