MAÇÃO: Biblioteca integra Rede UNESCO

A Biblioteca Municipal de Mação integrou a 29 de março a Rede das Bibliotecas Associadas à Comissão Nacional da UNESCO (CNU). O Certificado chegou ontem, dia 27 de abril.

MAÇÃO: Biblioteca integra Rede UNESCO

“Este é mais um passo na certificação e reconhecimento de um trabalho de muita qualidade e a aposta na inovação e diversificação, a pensar em todos”, descreveu Vasco Estrela, presidente da Câmara Municipal de Mação.
Aderir a esta rede dá àquele espaço um campo mais alargado de trabalho e um compromisso maior em levar os objetivos e desafios da UNESCO aos munícipes.
Recorde-se que Mação é uma das 53 bibliotecas portuguesas que integram esta rede, a qual procura que as bibliotecas que se encontram abertas ao público realizem atividades em domínios da UNESCO, como a promoção dos direitos humanos, da paz, da diversidade cultural e do diálogo intercultural, a proteção do ambiente e a luta contra o analfabetismo, entre outros.
A candidatura assentou, “no projeto em curso de Recolha do Património Cultural Imaterial. Pressupõe-se que, para conhecer e assimilar a história da construção da cultura de outros povos, deve primeiro conhecer-se a história da própria cultura, saber como se deu essa construção e como foi o processo de evolução e desenvolvimento da mesma. Só assim, se pode conhecer e entender outras culturas. Conhecendo a própria cultura, o indivíduo compreenderá a importância de a manter viva na memória, de proteger e valorizar a cultura como forma de preservar o que somos, as nossas características, a nossa identidade”, descreve a autarquia maçaense.

O projeto de Recolha do Património Cultural Imaterial Local dinamizado pela câmara, com início em 2020, traduz-se num “verdadeiro trabalho de cooperação institucional e de empenho comunitário, que concorre para a salvaguarda das manifestações do património cultural imaterial do território e para a construção de uma base de dados de acesso público, que permite, através de um inventário online, registar, partilhar e sedimentar a identidade coletiva do concelho, bem como na edição de um livro”, relembra a edilidade.
De recordar igualmente que a Câmara Municipal de Mação também integra, desde 3 de junho de 2016, a Rede das Cidades de Aprendizagem pelo trabalho desenvolvido em várias áreas promovendo a aprendizagem ao longo da vida para todos, promovendo a inclusão, a prosperidade e a sustentabilidade nas suas cidades.

Partilhar: