MAÇÃO: Encontradas novas gravuras no Ocreza

Arte Paleolítica descoberta.

MAÇÃO: Encontradas novas gravuras no Ocreza

Numa campanha de escavação que decorreu este verão no vale do Ocreza, concelho de Mação, foram encontradas novas gravuras rupestres paleolíticas, revela a autarquia maçaense em nota enviada à comunicação social.
A escavação foi promovida pelo Instituto Terra e Memória numa parceria com a Câmara Municipal de Mação - Museu de Arte Pré-Histórica, Instituto Politécnico de Tomar e Universidade Autónoma de Lisboa.
Duas décadas depois dos primeiros achados de arte Paleolítica neste concelho, as novas figuras representam vários animais e vêm abrir uma nova perspetiva sobre os estudos de arte rupestre do Complexo Rupestre do Tejo e uma melhor compreensão das figuras rupestres do vale do Ocreza.
Nos depósitos que cobriam as gravuras, foram igualmente encontrados alguns artefactos.
A DGPC - Direção Geral do Património Cultural já visitou o local. Os primeiros resultados serão apresentados internacionalmente no Congresso da União Internacional das Ciências Pré-Históricas e Proto-Históricas, no próximo dia 5 de setembro, em Marrocos.

Partilhar: