MAÇÃO: Universidade sénior teve aula especial

Dedicada a falar dos vários tipos de violência.

MAÇÃO: Universidade sénior teve aula especial

O Dia Mundial da Consciencialização da Violência contra a Pessoa Idosa assinala-se a 15 de junho. Assim, e com o objetivo de perceber que a violência não é opção e ajudar a identificar se estão a ser alvo de algum tipo de violência decorreu, esta segunda-feira, uma aula especial na Universidade Sénior de Mação. A iniciativa, que contou com o apoio da GNR, falou dos vários tipos de violência, particularmente da violência contra a pessoa idosa, explica a Câmara Municipal de Mação em nota enviada à comunicação social.
Esta data foi criada em 2006 pelas Nações Unidas e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa, tendo como objetivos refletir numa questão social sensível e acabar com a violência contra a pessoa idosa.
“Numa sociedade cada vez mais envelhecida os idosos são esquecidos e sujeitos a maus-tratos físicos e psicológicos, quer pelas suas famílias, quer pelos serviços de acolhimento ou pela sociedade em geral”, faz notar a autarquia, lembrando que “todos os anos se registam vários casos de abuso contra os idosos e muitos mais acontecem em silêncio, sem conhecimento público”. Parar os abusos verbais, emotivos, financeiros e corporais e promover a integração e o bem-estar do idoso são os desafios lançados pela celebração desta data.
Neste dia a ONU relembra também que a discriminação etária é uma grave violação dos Direitos Humanos, exigindo o empenhamento dos governos, das instituições e da população para mudar a situação.

Partilhar: