MAÇÃO/Covid-19: Câmara aprova mais um pacote de medidas de apoio

A Câmara Municipal de Mação aprovou, em sede de reunião de câmara, mais um pacote de medidas de apoio em tempos de pandemia da Covid-19. Estas destinam-se a munícipes, empresas e agentes económicos.

MAÇÃO/Covid-19: Câmara aprova mais um pacote de medidas de apoio

As medidas agora aprovadas juntam-se a outras já tomadas anteriormente em relação a IPSS e bombeiros, e em complemento a todas aquelas já implementadas e divulgadas.
Assim, foi aprovado, esta quarta-feira, 24 de fevereiro, a devolução do valor liquidado nas faturas referentes a água, saneamento e RSU, com exceção das tarifas fixas, aos munícipes que manifestarem essa intenção. Esta medida aplicar-se-á às faturas emitidas nos meses de marços e abril 2021. Também a devolução, após comprovativo de pagamento, às empresas de 50% do valor pago de IMI, dos imóveis afetos à atividade da empresa e de 50% do valor liquidado, referente ao arrendamento de espaços comerciais/empresa, dos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021. A câmara isentará e/ou devolverá 50% do pagamento de rendas às empresas com contratos de arrendamento no Centro de Negócios e GAJPE, mediante comprovativo de pagamento, dos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021. Outra medida é a suspensão do pagamento de rendas dos espaços concessionados, nos meses de janeiro, fevereiro e março de 2021, manutenção de todos os apoios em vigor desde o início da pandemia a todos os munícipes e entidades do concelho, bem como às diversas autoridades que têm intervindo no âmbito desta pandemia.
De relembrar que o Serviço de Ação Social da autarquia se encontra no terreno contactando com a população idosa, sobretudo a mais isolada e vulnerável, para aferir necessidades e para combater a solidão. Esta ação é feita presencialmente, com a devida distância, ou por telefone, através de uma conversa.
Também o serviço de transportes da Câmara Municipal de Mação está a apoiar os Munícipes mais idosos que não têm meios próprios de deslocação para a toma da vacina, e que o manifestem quando contactados pelo Centro de Saúde, que depois informa a câmara.

Partilhar: