MÉDIO TEJO/SERTÃ: “Vi a absoluta indiferença com que eles trataram a Sertã”–Vítor Cavalheiro

Anabela Freitas, presidente da CIM Médio Tejo respondeu.

MÉDIO TEJO/SERTÃ: “Vi a absoluta indiferença com que eles trataram a Sertã”–Vítor Cavalheiro

No Programa “Prova dos Nove” da Rádio Condestável (RC) de domingo último, 9 de janeiro, o comentador Vítor Cavalheiro, deputado na Assembleia Municipal da Sertã pelo PS, que também é deputado Intermunicipal na Comunidade do Médio Tejo (CIM Médio Tejo), questionou a estratégia da Sertã em ter integrado esta comunidade.

“Fomos para a Médio Tejo. É uma estratégia… eu não vejo nada. Qual é a estratégia de irmos para a Médio Tejo? É irmos para a Médio Tejo e ninguém nos passar cartão?”, indagou. Falando por experiência própria de participação na Assembleia Intermunicipal da referida CIM, Vítor Cavalheiro disse ter visto “a absoluta indiferença com que eles trataram a Sertã” e “vi discutir assuntos de alguma importância, única e exclusivamente para a região do Médio Tejo”, sustentou.
Questionada sobre este assunto pela RC, a presidente da CIM Médio Tejo, Anabela Freitas, lembrou que “a Sertã faz parte da Comunidade do Médio Tejo e aderiu por livre vontade”, à mesma. Esclareceu igualmente que a Sertã “é tratada exatamente como qualquer outro município do Médio Tejo. Não há aqui diferenças de tratamento”. Anabela Freitas adiantou ainda que “os projetos que a CIM Médio Tejo tem e que são intermunicipais, e nos quais a Sertã faz parte, faz parte exatamente como qualquer outro município da comunidade e não há aqui qualquer diferenciação nesta matéria”, disse, reforçando que “não há qualquer diferença de tratamento entre o Município da Sertã e qualquer dos outros 12 municípios que compõem a comunidade intermunicipal”.
De recordar que o programa Prova dos Nove da Condestável, conta perto de 30 anos de existência e é um programa de debate político que aborda temas locais e regionais, sendo que os seus comentadores representam a composição partidária eleita existente na Assembleia Municipal da Sertã. Neste momento face às eleições de 26 de setembro de 2021, comentam Vítor Cavalheiro (PS), João Carlos Almeida (PSD) e Cátia Pinto (Chega).
Na mesma entrevista a RC abordou ainda o caso da EN 238 e do Comando Sub-Regional de Proteção Civil, assuntos que desenvolveremos em notícia posterior.

Foto: Arquivo RC

Partilhar: