Natal celebrado com programa simbólico

Apesar desta quadra natalícia ter que, obrigatoriamente de ser vivida de forma diferente, devido às restrições da pandemia da Covid-19, o Município da Sertã não quis deixar de assinalá-la, organizando mais uma edição da Sertã – Terra do Pinheiro de Natal, durante o mês de dezembro, mas com um programa de atividades reduzido.

Natal celebrado com programa simbólico

De acordo com o presidente da Câmara Municipal da Sertã, José Farinha Nunes, “vamos ter este ano um Natal diferente, contudo não queremos que a quadra tenha menos brilho do que nos anos anteriores. Talvez porque seja importante, em tempos como este, dar sinais de esperança e de amor. E o Natal é isto: amor e esperança”.

O autarca admite que “foi preciso reduzir ao mínimo as atividades previstas para garantir a segurança de todos, pelo que se optou por iniciativas mais simbólicas”.

Assim, e segundo o programa, no dia 1 de dezembro será ligada a tradicional iluminação de Natal nas principais artérias da vila sede de concelho e nas restantes freguesias. “O Natal tem de ter brilho e a iluminação oferece-nos isso mesmo”, explicou o autarca.

Estão ainda previstos os tradicionais concursos promovidos conjuntamente pela Câmara Municipal da Sertã e pela APROSER – Associação de Produtores do Concelho da Sertã.
O concurso “A Melhor Montra de Natal” é dirigido a todas as lojas sedeadas no concelho da Sertã e visa fomentar o consumo no comércio tradicional e promover o carácter festivo da quadra natalícia. Serão premiadas as três melhores montras.

Por seu lado, o concurso “Natal no Comércio Tradicional” premiará, através de sorteio, as pessoas que façam compras nas cerca de 140 lojas aderentes. De 1 a 31 de dezembro, por cada compra no valor de 20€ é entregue um cupão de participação, que deverá ser preenchido, carimbado e entregue na Casa da Cultura da Sertã até 15 de janeiro de 2021. Serão depois sorteados dez prémios no valor total de 875€ (em vouchers).

Já na Casa da Cultura decorrerá nova edição do concurso “O Melhor Pinheiro de Natal”, inserida n’”A Floresta da Esperança”. Nesta iniciativa as associações do concelho da Sertã foram, uma vez mais, desafiadas a decorar pinheiros, que estarão em exposição naquele local.

Partilhar: