OLEIROS: Dia Municipal para a Igualdade assinalado no concelho

Com a apresentação pública sobre o Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação do concelho.

OLEIROS: Dia Municipal para a Igualdade assinalado no concelho

Assinalou-se no passado dia 24 de outubro o Dia Municipal para a Igualdade. A este propósito, em Oleiros, dia 26 de outubro, realizou-se, no Auditório da Casa da Cultura de Oleiros, uma apresentação pública sobre o Plano Municipal para a Igualdade e Não Discriminação do concelho de Oleiros. Miguel Marques, vice-presidente da autarquia, realçou a importância do tema, entendido pelo próprio como “uma das questões cadentes da sociedade contemporânea”, dá conta a autarquia em nota enviada à comunicação social. O autarca lembrou o relatório do Banco Mundial sobre a inclusão económica, segundo o qual “a igualdade de género global ainda não foi atingida, apesar de terem sido feitos grandes progressos nos últimos anos”.
Na ocasião, Miguel Marques referiu ainda que “as autarquias locais, pela especial proximidade com os munícipes e pela privilegiada visão integrada que possuem das condições de vida e das expetativas dos cidadãos, são fundamentais para a desconstrução dos estereótipos de género e para a implementação de medidas concretas de promoção da igualdade e não discriminação… Não é por acaso que no seu quadro de competências está prevista a integração da perspetiva de género em todos os domínios de ação do município, designadamente através da adoção de planos municipais para a igualdade”.
A sessão continuou com a apresentação de Bruna Tapada e Cláudia Múrias, da Associação Igualdade.PT, as quais apresentaram toda a metodologia implementada, tendo em vista a elaboração do Diagnóstico e do próprio Plano Municipal, quer na sua dimensão interna, quer na sua dimensão externa. Nesse sentido, participaram neste encontro os elementos da equipa para a Igualdade na Vida Local e os vários parceiros estratégicos (entre representantes de diversas entidades) existentes no território.
Com a iniciativa pretendeu-se, acrescenta a edilidade oleirense, incluir e envolver os presentes para a necessidade de elaboração de um diagnóstico assertivo e de implementação de um Plano que se pretende eficaz, verdadeiramente mobilizador e transformador de assimetrias e desigualdades. Recorde-se que para o efeito, o Município de Oleiros viu aprovada a sua candidatura ao Programa Operacional de Inclusão Social e Emprego (POISE), no âmbito da elaboração e implementação do Plano Municipal para a Igualdade, tendo-lhe sido atribuída uma verba de 35.000 euros.

Partilhar: