OLEIROS: Médico oleirense assegura cuidados na Volta

André de Lima Antunes vai assegurar os Serviços Médicos da Volta a Portugal em Bicicleta.

OLEIROS: Médico oleirense assegura cuidados na Volta

A Volta a Portugal em Bicicleta estará na estrada de 4 a 15 de agosto e, este ano, contará com um médico natural do Orvalho, concelho de Oleiros, a prestar cuidados médicos nesta prova.
Como relembra a Câmara Municipal de Oleiros, em nota enviada à comunicação social, André de Lima Antunes é responsável pela De Lima Antunes HealthCare Services, a empresa que vai participar na prova em parceria com o Grupo Lusíadas Saúde, e que já prestou serviços médicos em outras provas desportivas de ciclismo profissional.
A oportunidade de ser o médico coordenador da Volta surgiu, explica o médico, “por me encontrar já a desempenhar a função de médico de provas de ciclismo profissional noutras organizações e o feedback que foi sempre transmitido foi muito positivo”. Dessa forma, continua, “fui abordado e decidi aceitar o desafio de liderar a equipa médica do maior evento desportivo de Verão em Portugal, algo que sempre ambicionei apesar de ter em mente a responsabilidade que tal situação acarreta”.
Refira-se que Oleiros terá uma meta-volante na terceira etapa entre Sertã e Covilhã. Passará por várias aldeias onde se inclui o Orvalho onde haverá um Prémio de Montanha. Para o médico, “é sempre bom para a aldeia do Orvalho ter algum tipo de protagonismo numa prova como esta que vai até à porta das pessoas e que não é preciso pagarem bilhete. Este Prémio de Montanha no Orvalho é de 4ª categoria, não vai adicionar nenhuma dificuldade extra ao esforço dos atletas, eles já estão treinados e habituados a diferenças de altimetria bem piores, como por exemplo no final da etapa desse dia, a 7 de agosto, que termina no alto da Serra da Estrela, na Torre, a 1991 metros de altitude”, refere.
A autarquia recorda que André de Lima Antunes assegurou já inúmeras provas desportivas de ciclismo nacional, desde Volta ao Alentejo, Volta a Portugal do Futuro, Grande Prémio O Jogo, Grande Prémio Joaquim Agostinho, Grande Prémio Douro Internacional, Campeonatos Nacionais entre outras, assume agora a maior prova velocipédica do calendário nacional, e que conta com a participação dos Bombeiros Voluntários de Oleiros e Coimbra. “Decidi contar com a colaboração dos Bombeiros Voluntários de Oleiros e de Coimbra porque são duas corporações que estão treinadas na emergência pré-hospitalar por dois motivos diferentes: a Corporação de Oleiros acaba por estar a meia distância entre Castelo Branco e Coimbra e tem que conseguir dar resposta a muitas situações por vezes complicadas; e a Corporação de Coimbra devido à grande área de população que serve e ao elevado número de ativações que recebem diariamente”, argumenta o médico que trabalha no Serviço de Cirurgia Cardiotorácica do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra. É com frequência que regressa às origens. “É algo que faço com alguma frequência, pelo menos uma vez por mês, até porque faço questão de visitar as minhas duas avós ainda vivas com 88 anos, e de seguir por perto um projeto familiar de vitivinicultura que estamos a desenvolver, a Quinta do Vale da Carvalhinha”.

Partilhar: