PAMPILHOSA DA SERRA/Covid-19: Redução na fatura da água chega aos 100%

Apoio incide sobre os meses de fevereiro, março e abril.

PAMPILHOSA DA SERRA/Covid-19: Redução na fatura da água chega aos 100%

O Executivo Municipal de Pampilhosa da Serra aprovou hoje, por unanimidade, em sede de reunião de câmara, a aplicação de tarifário bonificado COVID no serviço de abastecimento de água, saneamento e resíduos sólidos para os meses de fevereiro, março e abril de 2021.
Como esclarece a autarquia, em nota enviada à comunicação social, “esta medida vai ao encontro de outra semelhante, aplicada durante o primeiro confinamento, em março de 2020, e visa a redução do impacto da fatura do referido serviço nos agregados familiares e empresas do concelho durante este período em que se encontram limitados nas suas deslocações e consequentemente restritos a uma estadia por tempo superior ao normal nas suas residências, ou que, no caso das empresas, viram reduzido o volume de faturação em consequência do confinamento decretado pelo Governo”.
Assim, a APIN, Empresa Intermunicipal de Ambiente do Pinhal Interior, responsável pela gestão deste serviço, irá aplicar, no concelho pampilhosense, uma redução de 25% na tarifa fixa dos clientes domésticos e de 100% na tarifa fixa dos clientes não domésticos e instituições. Este apoio irá incidir sobre a faturação dos meses de fevereiro, março e abril de 2021 e será suportado na totalidade pela autarquia.
Também no âmbito do contexto pandémico, o executivo municipal aprovou por unanimidade a isenção de três meses de renda, aos arrendatários com contratos de arrendamento celebrados com o Município na Zona Industrial da Portela de Unhais e na Zona Industrial do Alto das Aldeias, assim como a isenção de três meses do preço de cessão de exploração, às cessionárias com contratos de cessão de exploração celebrados com a câmara, uma medida que visa apoiar estas empresas neste período de menor faturação.
Ainda devido ao confinamento decretado pelo Governo, deu entrada noa câmara um abaixo-assinado, realizado por profissionais do setor dos cabeleireiros e estética do concelho, pela reabertura destes estabelecimentos. Este documento foi levado à discussão em reunião de câmara pelo presidente da edilidade José Brito, obtendo um claro apoio por parte de todo o executivo, tendo sido aprovada por unanimidade a redação de um ofício dirigido ao Governo a manifestar a solidariedade da autarquia perante a situação destes profissionais, solicitando a abertura destes estabelecimentos que sempre pautaram pelo rigoroso cumprimento das normas de segurança exigidas pela Direção-Geral da Saúde.

Partilhar: