PANDEMIA: Novas medidas anticovid entram em vigor segunda-feira

Medidas foram anunciadas esta quinta-feira por António Costa.

PANDEMIA: Novas medidas anticovid entram em vigor segunda-feira

Depois da reunião com os especialistas no Infarmed na passada quarta-feira, dia 5 de janeiro, o primeiro-ministro anunciou as novidades no combate à pandemia. A principal alteração prende-se com o isolamento.
Nas escolas não há alterações na abertura, o teletrabalho vai manter-se obrigatório até dia 14 de janeiro, passando depois a ser apenas recomendado nas actividades em que tal seja possível.

Conheça as medidas:

ESCOLAS - Recomeço das aulas a 10 de Janeiro, tal como estava previsto. Acaba o isolamento de turmas quando há um caso positivo. Nas próximas duas semanas será executada uma campanha de testagem nas escolas, em paralelo com a operação de vacinação, que também contempla o reforço da vacinação dos professores.

ISOLAMENTO - As pessoas que receberam a dose de reforço da vacina anticovid-19 há mais de 14 dias estão isentas de período de isolamento. Também as pessoas que tenham “contacto em ambiente de trabalho” com um infectado, “desde que não seja coabitante”, não são obrigados ao isolamento, especificou António Costa.

ISENÇÃO DE TESTAGEM - Quem foi vacinado com dose de reforço há mais de 14 dias fica isento de apresentar teste negativo para aceder a locais ou actividades que o exigem. A testagem continua obrigatória nas visitas a lares ou a pacientes em estabelecimentos de saúde, bem como no acesso a grandes eventos, eventos sem lugares marcados ou em recintos improvisados e recintos desportivos (salvo decisão em sentido contrário da Direcção-Geral da Saúde).

TRABALHO - O teletrabalho obrigatório é prolongado até 14 de Janeiro. Depois dessa data, será “meramente recomendado”, como noutros momentos da pandemia.

ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS - Acabam as proibições de saldos e promoções, mas mantêm-se as restrições às lotações: apenas uma pessoa por cada cinco metros quadrados.

BARES E DISCOTECAS - Reabrem no dia 14 de Janeiro. A entrada nestes espaços só será feita com teste negativo. Mantém-se a proibição de ingerir bebidas alcoólicas na via pública.
FRONTEIRAS - Permanece até 9 de Fevereiro a obrigatoriedade de apresentação de teste negativo ou certificado na modalidade de recuperação para todos os voos que cheguem a Portugal, bem como as sanções para companhias de aviação que não garantam o cumprimento destas regras.

CERTIFICADO DIGITAL - Continua obrigatório o certificado que comprova a vacinação para aceder a restaurantes, estabelecimentos turísticos e alojamento local, espectáculos culturais, eventos com lugares marcados e ginásios. O certificado digital volta a dar acesso a cinemas e terá uma indicação de dose de reforço.

Partilhar: