PEDRÓGÃO GRANDE: CDS apresentou candidatos às próximas autárquicas

Câmara, assembleia municipal e junta de freguesia de Pedrógão Grande.

PEDRÓGÃO GRANDE: CDS apresentou candidatos às próximas autárquicas

Pedro Fernandes é o cabeça de lista escolhido pelo CDS para concorrer à Câmara Municipal de Pedrógão Grande nas próximas eleições autárquicas. O partido já apresentou publicamente os candidatos aos diferentes órgãos autárquicos, sendo que António José Figueira é o candidato à assembleia municipal e Vítor Manuel da Graça Cravo é o candidato à junta de freguesia de Pedrógão Grande.
Como referiu Pedro Fernandes, na cerimónia de apresentação pública, esta equipa, que ainda não está completamente formada, está motivada e ciente do trabalho que tem pela frente. “Se anteriormente já desenvolvemos algo neste concelho, queremos continuar”, vincou.
Num concelho que ainda sofre com as feridas deixadas pela tragédia do incêndio de junho de 2017, há dois pilares que esta candidatura não quer descurar, ou seja, os idosos e os jovens. “Essencialmente falta muito dar apoios sociais às pessoas” e “captar o máximo de população e fixar mais pessoas que têm tendência em sair”, criando “mais possibilidades de as mesmas permanecerem no concelho”, sustentou.
Se a prioridade passa muito pelas pessoas, a floresta está hoje ainda mais desordenada e Francisco Rodrigues dos Santos, líder do CDS-PP, presente neste ato, denunciou que “ainda existem 13 famílias que não regressaram para as suas habitações próprias permanentes. Não existe uma estratégia global das áreas ardidas, faltam apoios técnicos e meios financeiros para apoiar os produtores florestais e foi prometido um exército no terreno para intervir na floresta do ponto de vista técnico e florestal, coisa que ainda não se verificou e nem a limpeza da floresta foi feita”, apontou.

Já sobre o candidato, o líder do CDS-PP disse depositar fortes esperanças neste projeto que Pedro Fernandes encabeça. Lembrou os seus antecedentes políticos (o pai de Pedro Fernandes já foi presidente da câmara de Pedrógão Grande).
Francisco Rodrigues dos Santos disse acreditar na "vontade de mudança" do candidato e na sua "vontade de trazer mais liberdade económica para o concelho para aqui se fixarem empresas e se criarem postos de trabalho, nesta aliança intergeracional”, entre outros aspetos. O líder do CDS valorizou ainda o facto desta candidatura “pensar mais na criação de valor e menos nas dependências da câmara, para que as pessoas que aqui nascem e vivem tenham as mesmas oportunidades para cumprir o seu projeto de vida”, disse.
As listas ainda não estão completas mas o partido está “a lutar para o conseguir”, disse ainda Pedro Fernandes.

Partilhar: