PEDRÓGÃO GRANDE: Reconstrução de Capela em Adega está concluída

Inauguração aconteceu ontem. Capela de Nossa Senhora das Brotas ardeu completamente nos incêndios de 2017.

PEDRÓGÃO GRANDE: Reconstrução de Capela em Adega está concluída

Foram inauguradas ontem, dia 5 de outubro, as obras de recuperação da Capela de Nossa Senhora das Brotas, na aldeia de Adega, na freguesia da Graça, concelho de Pedrógão Grande. Este templo religioso, que ficou completamente destruído nos incêndios de 2017, foi agora devolvido à população.
Em 2017 o projeto de reconstrução foi assumido pelo Arquiteto Simão Botelho, à data voluntário ao serviço da Fundação EDP. Previa a reconstrução da capela e a construção de um memorial às vítimas dos incêndios, com financiamento, na altura, assumido pela Fundação Calouste Gulbenkian. No entanto o projeto não avançou porque “a população da localidade entendeu que não queria o memorial, apenas a restauração da capela”, divulgou à Rádio Condestável o presidente da câmara de Pedrógão Grande, Valdemar Alves. Por outro lado a Fundação Calouste Gulbenkian considerou que o custo da reconstrução era demasiado elevado, recordou ainda o autarca.
Deste modo, só em 2019 é que o processo teve início, e da estaca zero, com a autarquia pedroguense a candidatar esta obra ao Programa Equipamentos Urbanos de Utilização Coletiva. Foi comparticipada em 70% e a câmara suportou os restantes 30%, e ainda “20 mil euros na reconstrução do piso (exterior) e na estrada, que ainda será alcatroada”, explicou o edil, dando também conta que “contribuímos para o apetrechamento da capela, com nova imagens”, para ficar mais “rica e apetrechada”, reforçou.
Assim, ontem a nova capela foi finalmente inaugurada e benzida, pelo Padre Geraldo Mário.
Refira-se que Nossa Senhora das Brotas é padroeira dos animais doentes e o culto remonta ao passado em que as populações destes territórios iam trabalhar para a zona do Alto Alentejo onde existe uma grande devoção a esta Santa.

Partilhar: