PROENÇA-A-NOVA: Alunos de excelência e de mérito distinguidos

Cerimónia aconteceu no arranque do novo ano letivo

PROENÇA-A-NOVA: Alunos de excelência e de mérito distinguidos

Foram 99 os alunos de excelência e de mérito do Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova que foram distinguidos no passado dia 16 de setembro, numa cerimónia pública, que aconteceu no primeiro dia de aulas do novo ano letivo 2022/2023. Tratou-se de uma organização da Associação de Pais e ou Encarregados de Educação do agrupamento e que contou com o apoio do Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova, Município e União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral, lê-se numa nota do Município, enviada à comunicação social.
Para João Lobo, presidente da autarquia proencense, “aqueles que atingiram este patamar têm que ser capazes de influenciar e de dar apoio aos seus colegas”, disse, apelando a uma sociedade inclusiva “e a escola pública tem de facto uma matriz que acolhe todos”.
Perante uma plateia composta por alunos, pais, encarregados de educação, pessoal docente e não docente, o autarca destacou a nobre missão da escola de transmitir conhecimento que traduz a diferenciação na sociedade que se pretende construir. Desejando um bom ano letivo para todos, João Lobo apontou a capacidade de as escolas também serem pontos de atração de novos residentes.
Quanto a João Paulo Cunha, diretor do agrupamento, reforçou esta ideia, apresentando outro sinal da atratividade da escola, ou seja o facto de no início do novo ano letivo não haverem alunos sem professores. Em relação à cerimónia, referiu ser “o epílogo de um ano de trabalho, do ano anterior, especialmente para os premiados, mas também para a comunidade educativa que está sempre presente e nós aqui na escola tentamos sempre garantir as melhores condições para que os alunos tenham o sucesso que pretendem e atinjam estes patamares de excelência ou de mérito”. Recordou ainda que o sucesso não é um processo solitário, antes o resultado de um esforço partilhado entre toda a comunidade escolar que exige trabalho diário. “Desejo-vos sinceramente que em tudo o que façam sejam felizes”.
Jorge Cardoso, presidente da União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral, que ofereceu 250 euros a cada um dos quatro melhores alunos do 9º ano e ao melhor aluno do 12º ano, deixou uma palavra especial aos “professores e à escola de onde sempre saíram alunos brilhantes e hão de continuar a sair supostamente porque a massa humana também é boa” e um alerta aos pais: “a escola é um parceiro na formação dos vossos filhos, a educação tem de começar sempre em casa”. Paula Sequeira, presidente da Associação de Pais, salientou a felicidade de regressar à cerimónia de mérito presencial. “É com muito prazer que hoje damos início a mais uma cerimónia, vamos reviver os vossos melhores momentos, marcar esta caminhada e o vosso percurso porque só assim faz sentido”. Agradeceu às empresas parceiras desta iniciativa, Ambienti d’Interni que ofereceu os troféus e Super Proença pela colaboração no lanche.
Para além da distinção como alunos de excelência e mérito, foram ainda entregues troféus nas categorias de participação e iniciativa (nomeadamente aos alunos que se envolveram em iniciativas como o Canguru Matemático, Concurso Nacional de Leitura, Desafios Eco Escolas), Solidariedade e Companheirismo e Mérito Desportivo.
Durante a cerimónia foi assinado um protocolo, entre o Município, o Agrupamento de Escolas e a Associação de Pais, para o desenvolvimento de atividades de enriquecimento curricular (AEC’s) no 1.º ciclo do ensino básico, de carácter facultativo e de natureza eminentemente lúdica, formativa e cultural, no valor de 14. 631,29 €. No ano letivo 2022/2023 estão disponíveis as disciplinas de expressão plástica, yoga, música, oficina de inglês e dança e expressão.

Partilhar: