PROENÇA-A-NOVA: Concelho vai ter Centro Qualifica

Câmara e ETPZP assinam acordo de cooperação.

PROENÇA-A-NOVA: Concelho vai ter Centro Qualifica

O Município de Proença-a-Nova e a Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal (ETPZP), com sede em Pedrógão Grande, assinaram um protocolo de cooperação com vista à instalação de uma extensão do Centro Qualifica em Proença-a-Nova.
O centro vai ficar instalado na Casa das Associações e o objetivo é passar a disponibilizar formação profissional a adultos com idade igual ou superior a 18 anos, que pretendam dar continuidade ao seu percurso de qualificação, ou que procurem melhorar a sua situação face ao mercado de emprego; e a jovens que não se encontrem a frequentar modalidades de educação ou de formação e que não estejam inseridos no mercado de trabalho, define a autarquia de Proença em nota enviada à comunicação social.
O protocolo foi assinado dia 5 de maio e na ocasião, o presidente da autarquia local, João Lobo recordou que o Município aceitou receber competências na área da educação, num trabalho que já tem vindo a ser realizado há muito mais tempo em parceria com o Agrupamento de Escolas de Proença-a-Nova com o objetivo de proporcionar conhecimento aos seus alunos, seja na escolaridade obrigatória, seja na oferta profissional. “Há uma complementaridade que deve existir na formação, muito centrada numa visão, que hoje todos queremos e que é transversal, de conseguirmos com a parte empresarial termos respostas que possam ser atrativas para outros virem até nós, mas também dar resposta àquilo que é a capacidade daqueles que estudam aqui terem condições para aqui se fixarem”. João Lobo salientou o facto de o presente protocolo abrir caminho para a criação de um posto de trabalho no concelho, esperando agora que os munícipes adiram à oferta formativa que será disponibilizada, até porque “o conhecimento deve acompanhar-nos durante toda a nossa vida. Todos aqueles que pugnam de forma consciente pelos seus territórios têm no conhecimento um dos pilares fundamentais”.
Os gerentes da Petroensino, entidade responsável pelo Centro Qualifica da ETPZP, destacaram a importância do presente protocolo com Eduardo Moreira a falar do desejo de acrescentar valor ao que já existe atualmente, disponibilizando as instalações da escola para se realizarem intercâmbios. Por seu lado, Américo Rocha destacou a importância de as empresas encontrarem no mercado local os colaboradores com a formação que necessitam para a sua atividade.

Partilhar: