PROENÇA-A-NOVA: Congresso Internacional de Arqueologia decorre online

Começou dia 25 e vai até dia 29 de maio

PROENÇA-A-NOVA: Congresso Internacional de Arqueologia decorre online

O Congresso Internacional de Arqueologia, que começou a 25 de maio e decorre até dia 29 em formato digital tem como foco as semelhanças estruturais entre sepulturas monticulares, maioritariamente de idade pré-histórica ou proto-histórica, de Portugal ao Japão ou da Suécia à Península Arábica, explica a autarquia de Proença-a-Nova em nota enviada à comunicação social.
Organizado pelo Município de Proença-a-Nova e pela Associação de Estudos do Alto Tejo, o evento, que estava previsto acontecer presencialmente em Proença-a-Nova em 2020, realiza-se em condições excecionais, adaptadas à atual pandemia.
Como descreve a autarquia, a iniciativa consiste essencialmente em comunicações gravadas e na exposição de cartazes, com enquadramento nas 16 sessões temáticas, e num pequeno espaço de debate, em direto, de acordo com o programa que está disponível no site do Congresso, assim como toda a informação sobre cada um dos oradores. Desde as 07:00 (hora de Lisboa) do dia 25 de maio podem ser vistas as comunicações através do canal de Youtube do Congresso. No dia 28 de maio, a partir das 07:00, haverá uma sessão de debate livre entre os participantes que submeteram vídeos, refere a nota da autarquia.
Apesar da distância física, esta é uma oportunidade de aproximação entre os investigadores de múltiplas nacionalidades que atualmente se dedicam ao estudo destas estruturas, dos túmulos megalíticos ocidentais aos kurgan leste-europeus e asiáticos e às sepulturas ditas clássicas do espaço mediterrânico. Este congresso decorre no âmbito do Campo Arqueológico de Proença-a-Nova e do Projeto de Investigação Mesopotamos - Povoamento do 5º ao 1º milénio a.C. entre o Tejo e o Zêzere na atual Beira Baixa.

Partilhar: