PROENÇA-A-NOVA: Direitos das crianças recordados

CPCJ coloca laços azuis em vários espaços do concelho.

PROENÇA-A-NOVA: Direitos das crianças recordados

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Proença-a-Nova associa-se à campanha nacional da Comissão Nacional de Promoção dos Direitos e Proteção das Crianças e Jovens. Assim, irá colocar o laço azul, símbolo desta campanha, em vários espaços do concelho, como sendo na entrada dos Paços do Concelho, no Centro de Saúde, na Escola Básica e na Escola B/S Pedro da Fonseca, no edifício da União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral, na Biblioteca Municipal, na GNR, na Livraria Paroquial, na Segurança Social, no Posto de Turismo e no Cortiço (em Proença-a-Nova); no edifício da União de Freguesias de Sobreira Formosa e Alvito da Beira, no polo da Biblioteca Municipal e na Extensão de Saúde (em Sobreira Formosa); e ainda nos edifícios das Juntas de Freguesia de Montes da Senhora e de São Pedro do Esteval, enumera a câmara de Proença-a-Nova, em nota enviada à comunicação social.
Paralelamente, a CPCJ convida a que as famílias desenhem um laço azul e o coloquem à janela no dia 30 de abril, como forma de reforçar a mensagem desta campanha.
Abril, Mês da Prevenção dos Maus Tratos na Infância, recorda os direitos das crianças. Com o mote “Serei o que me deres…que seja amor”, o objetivo é recordar aqueles “que morreram ou são vítimas de abuso infantil e também como forma de apoiar as famílias e fortalecer as comunidades nos esforços necessários para prevenir o abuso infantil e a negligência”, revela a Comissão Nacional.
A CPCJ de Proença-a-Nova continua a acompanhar os casos sinalizados no concelho e tem linha aberta de contacto através do email cpcj.ProencaNova@cnpdpcj.pt ou do 939 274 247, caso sejam detetadas situações que mereçam o acompanhamento das autoridades.

Partilhar: