PROENÇA-A-NOVA: GNR deteve homem por posse ilegal de armas

Aconteceu ontem, dia 29 de março.

PROENÇA-A-NOVA: GNR deteve homem por posse ilegal de armas

O Núcleo de Investigação Criminal (NIC) da Sertã da Guarda Nacional Republicana (GNR) deteve ontem, dia 29 de março, um homem de 59 anos por posse ilegal de armas, no concelho de Proença-a-Nova.
Como dá conta o Comando Territorial de Castelo Branco da GNR em comunicado, esta detenção aconteceu no âmbito de “uma investigação por tráfico de estupefacientes que decorria desde agosto de 2020”. Assim, “os militares da Guarda deram cumprimento a um mandado de busca domiciliária que culminou com a apreensão de duas armas de caça sem registo ou qualquer tipo de documentação, bem como 25 cartuchos e uma mala de transporte de armas”, descreve a GNR.
O detido foi constituído arguido, e os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Idanha-a-Nova, continua esta força militar, relembrando igualmente que “de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma”.

Foto: Site GNR

Partilhar: