PROENÇA-A-NOVA: GNR não recebeu qualquer queixa de “perseguição”

Militares estão a fazer o “trabalho normal do posto” – Declarações do Coronel Albino Tavares à Rádio Condestável

PROENÇA-A-NOVA: GNR não recebeu qualquer queixa de “perseguição”

No início desta semana, a concelhia do CDS/PP de Proença-a-Nova emitiu um comunicado, que pode ser consultado AQUI, onde aponta a preocupação da população proencense para com a atuação dos militares do Posto Territorial da GNR no concelho.
Em resposta à Rádio Condestável, Albino Tavares, Comandante do Comando Territorial de Castelo Branco da GNR, afirma que não teve, até ao momento, qualquer queixa por parte da população face à referida atuação:

Quanto ao número elevado de operações de fiscalização, também descritas pela referida concelhia, Albino Tavares considera que são fruto da sua atividade operacional:

De recordar que a concelhia do CDS/PP de Proença-a-Nova está preocupada com aquilo a que chama de “perseguição” por parte de militares do Posto da GNR local à população do concelho e já solicitou uma reunião de trabalho com o Comandante do Comando Territorial de Castelo Branco, como a Rádio Condestável já noticiou e cuja notícia pode ser consultada AQUI.

Artigos Relacionados

Partilhar: