PROENÇA-A-NOVA: Gonçalo Martins na final do concurso Jovem Talento da Gastronomia

Com receita do Maranho

PROENÇA-A-NOVA: Gonçalo Martins na final do concurso Jovem Talento da Gastronomia

O maranho, o prato preferido de Gonçalo Martins, colocou o jovem proencense na final do concurso “Jovem Talento da Gastronomia”, na categoria “tradição com arroz Bom Sucesso”, dá conta a Câmara Municipal de Proença-a-Nova. Não ganhou a competição, mas ser um dos quatro finalistas em 200 concorrentes já foi, nas suas palavras, “uma boa experiência”, avança a edilidade. Para o presidente da câmara, João Lobo, “é sempre um orgulho ter um jovem proencense reconhecido e o Gonçalo é um entre os vários que ao longo dos anos se têm revelado. Traz um sabor especial no ano que caracterizamos como Ano Municipal dos Sabores Tradicionais ter esta referência com uma reinvenção do nosso maranho”, adianta.
Depois de concluído o 12º ano na Escola Secundária Pedro da Fonseca, Gonçalo Martins rumou ao Porto, onde frequentou a Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Porto. Com estágios realizados em Lisboa, com o Chef Kiko, ou em Amarante, está há dois anos em Vila Nova de Cerveira e é aqui que toma conhecimento deste concurso. Com uma categoria dedicada ao arroz, viu “mais uma razão para usar o maranho como prato”. No dia da finalíssima, com apenas duas horas para cozinhar, decidiu desconstruir a receita, com o objetivo de fazer algo totalmente diferente do tradicional, mantendo o mesmo sabor e cheiro. “Usei todos os produtos que o maranho leva só que com técnicas aplicadas. No caso da hortelã fiz um gel, com os ossos da cabra fiz um caldo onde cozi a carne, juntei a tripa à marinada e fritei-a: em duas horas não deu para fazer muito mais”, contextualiza Gonçalo Martins.
O jovem talento da gastronomia contou igualmente com o apoio do Município de Proença-a-Nova.

Partilhar: