PROENÇA-A-NOVA: João Lobo apresentou a sua candidatura à câmara

PS apresentou igualmente candidatos às juntas de freguesia e à Assembleia Municipal.

PROENÇA-A-NOVA: João Lobo apresentou a sua candidatura à câmara

Sob o lema “Mais Unidos Construímos o Futuro do Nosso Concelho”, o Partido Socialista (PS) de Proença-a-Nova apresentou a recandidatura de João Lobo a presidente da câmara daquele concelho e consequentemente o que pretende fazer, caso seja eleito, nos próximos quatro anos.
Numa cerimónia que decorreu na sede de campanha do PS foram também apresentados os candidatos a presidentes das quatro juntas e uniões de freguesia (ver no final da notícia) e o candidato à Assembleia Municipal que continua a ser João Paulo Catarino.
Num território que continua a perder população a criação de condições para os que ficam e a fixação de novos residentes é a base de todas as políticas, não esquecendo os empresários, peças chave no contexto de atração de pessoas.
Mas se a criação de emprego é essencial, a formação dos jovens é primordial e aqui, João Lobo, compromete-se a “continuar o programa de incentivo ao estudo combatendo o insucesso escolar”, dinamizando programas com o Centro de Ciência Viva da Floresta, dando “perspetivas diferenciadas aos nossos jovens”.
Ao nível da educação, o concelho foi um dos que já assumiu a transferência de competências do poder central para as autarquias sendo que agora pode, localmente, definir melhor as estratégias de formação tendo em atenção as necessidades dos empresários locais. A ideia é “em articulação com as comunidades intermunicipais e com outros municípios, ter uma estratégia formativa ligada ao tecido empresarial”. Não descartando a importância da formação superior, o autarca explicou que “precisamos de jovens que tenham competências de excelência e isso faz-se através da formação profissional”, notou.
É ainda neste âmbito que o complexo das antigas instalações da serração Daniel Lourenço terá um espaço para formação e recentemente foi criado um Centro Qualifica em associação com a Escola Tecnológica e Profissional da Zona do Pinhal a funcionar na Casa das Associações.
Estão já adjudicados um milhão e duzentos mil euros em obras de expansão da segunda fase do Parque Empresarial de Proença-a-Nova ou da Área Empresarial da Sobreira Formosa, que será alvo de remodelação dos lotes que a autarquia detém criando melhores condições para atrair empresas.
Sendo um concelho que sofre de um forte envelhecimento da população é preciso olhar atentamente para esta matéria com a Universidade Sénior ou, como foi recentemente aprovado, com o reforço dos benefícios para os portadores do Cartão Social Municipal e que passa pelo “apoio à saúde ou por obras de primeira necessidade em habitações carenciadas reforçando a articulação entre o banco solidário e outras instituições de apoio. Dinamizaremos a Unidade Móvel de Apoio, importante veículo nesta pandemia”, esclareceu.
A floresta e o ordenamento do território são hoje essenciais para João Lobo. Numa altura em que ainda se faz o rescaldo dos grandes incêndios nos últimos anos é preciso, definitivamente, olhar para a floresta com outros olhos e torná-la rentável. Aproveitando os fundos que estão a chegar é preciso reunir esforços para que, de uma vez por todas, a floresta possa criar riqueza, defende.
Além do Condomínio de Aldeia o concelho tem já quatro Áreas Integradas de Gestão da Paisagem para reconverter e assim criar riqueza para os proprietários. São 4 700 hectares de área a ser aproveitada com apoios garantidos durante 20 anos, a 100 por cento, e será “uma inversão da atualidade”.
O trabalho na cultura será para continuar e o projeto que está a ser desenvolvido no âmbito do Museu da Paisagem terá um impulso neste território pobre em monumentos mas “temos o maior monumento que é a natureza e é esse recurso que será alvo de uma candidatura para criar uma rede que começou com o Cortiçada Art Fest”, explicou.
Na área do desporto e juventude está a nascer um campo de futebol de praia junto à Praia Fluvial de Aldeia Ruiva. O objetivo é o de continuar igualmente a apoiar as associações que têm desenvolvido ações para manter os jovens ativos. Também no turismo o trabalho que está a ser feito na promoção do concelho será para continuar, bem como a aposta na Carta Gastronómica do Concelho.

Cabeças de lista às juntas de freguesia:

Junta de Freguesia de Montes da Senhora - Nuno Fernandes
União de freguesias de Sobreira Formosa /Alvito da Beira - António Alberto Coelho
União de Freguesias de Proença-a-Nova e Peral - Pedro Lopes
S. Pedro do Esteval - Paulo Jorge Cardoso.

Partilhar: