PROENÇA-A-NOVA: Município apoiou 46 proprietários afetados pelos incêndios

Situações aconteceram no ano passado.

PROENÇA-A-NOVA: Município apoiou 46 proprietários afetados pelos incêndios

O Município de Proença-a-Nova apoiou 46 proprietários de terrenos agrícolas que foram afetados pelos incêndios do ano passado, com uma verba de cerca de 20 mil euros utilizada na compra de material para a reconstrução de coberturas de palheiros e anexos agrícolas, de mangueiras e tubos utilizados na agricultura e de espécies frutícolas quando as árvores ardidas não tiveram capacidade de recuperação (no caso em que os proprietários já tinham feito a aquisição, foi devolvido o valor mediante apresentação de fatura), explica a câmara em nota enviada à comunicação social.
De recordar que os incêndios do ano transato devastaram cerca de 3.400 hectares de área no concelho, alguns dos quais junto a povoações. Este apoio abarcou principalmente proprietários que não puderam apresentar candidatura aos apoios governamentais de restabelecimento do potencial produtivo das explorações agrícolas por se enquadrarem na agricultura de subsistência, para consumo próprio, explica a edilidade.
Depois da apresentação das candidaturas, cujo prazo terminou em março deste ano, os técnicos do Município, que já haviam realizado um primeiro levantamento no pós-incêndio, regressaram ao terreno para confirmação das informações prestadas. Cada proprietário poderia receber um apoio máximo de 500 euros.
Desde 2016 que o Município se encontra a apoiar os proprietários que sofreram perdas ao nível das construções e potencial agrícola, em complemento às medidas disponibilizadas pelo poder central, na sequência dos incêndios florestais que têm fustigado o concelho.

Partilhar: