PROENÇA-A-NOVA: “Viagem ao Interior dos Livros” na Figueira

Bibliomóvel acolheu projeto.

PROENÇA-A-NOVA: “Viagem ao Interior dos Livros” na Figueira

O projeto do jornalista e escritor João Ferreira de Oliveira está a percorrer o país e estacionou, no passado dia 7 de maio na aldeia de xisto da Figueira, no concelho de Proença-a-Nova, dá conta a autarquia em nota enviada à comunicação social.
“Viagem ao Interior dos Livros” é um projeto que está a percorrer o interior do país ao volante de uma biblioteca itinerante. A Bibliomóvel – Biblioteca Itinerante de Proença-a-Nova foi ao encontro do projeto e esta visita coincidiu com o regresso de Nuno Marçal ao volante da Bibliomóvel. “Foi um privilégio poder associar a Bibliomóvel de Proença-a-Nova ao arranque deste projeto de ir e levar histórias pelo interior de Portugal. As histórias, tal como as bibliotecas, são feitas de pessoas para pessoas e contém pessoas dentro”, refere, Nuno Marçal. Por sua vez, o jornalista confessou ser “bom, logo no primeiro destino, encontrar-me com o Nuno Marçal que é alguém que faz disto a sua vida e eu estou a fazer isto uma vez. Por isso é bom encontrar-me com ele, até para mostrar precisamente o trabalho que é feito diariamente pelas bibliotecas itinerantes a nível local”.
Para além da Figueira, o projeto percorreu ainda outras localidades da rede de Aldeias do Xisto, que acolheram esta iniciativa desde o início, nomeadamente Sarzedas, Janeiro de Cima, Cerdeira e Fajão. “Este meu projeto tem um lado romântico”, refere João Ferreira de Oliveira, que pretende acima de tudo vir ao encontro das pessoas e promover o livro e a leitura, complementando o trabalho que é realizado localmente. “Sem livros e sem história somos uma sociedade muito mais pobre. Acho fundamental fazer isto no Interior, sejam projetos isolados como o meu ou como o da Bibliomóvel, porque é importante para combater o isolamento e as assimetrias”.
Os cerca de 500 títulos que enchem as estantes da carrinha foram doados por diversas editoras portuguesas e pela Citroën, que se associa a esta iniciativa. Depois das Aldeias do Xisto, a viagem percorre a Rota da Terra Fria (Trás-os-Montes), o Alentejo Interior e o Algarve Interior. Toda a viagem vai ser registada, dando origem a um livro, um conjunto de reportagens e a uma série documental de quatro episódios, um por cada destino.

Partilhar: