REGIÃO: CIM Médio Tejo integra consórcio das CIM’s para participar no PRPI

Objetivo é definir uma nova estratégia para o Pinhal Interior do qual fazem parte, no Médio Tejo, os concelhos de Mação, Sertã e Vila de Rei e em curso a possibilidade de integração do município de Sardoal.

REGIÃO: CIM Médio Tejo integra consórcio das CIM’s para participar no PRPI

No âmbito do Programa de Revitalização do Pinhal Interior (PRPI), enquanto instrumento de orientação para a administração central e local, no horizonte temporal de 2020-2030, a CIM do Médio Tejo vai integrar o consórcio das CIM`s, juntamente com outras entidades, para a definição de uma nova estratégia para o Pinhal Interior. Este programa surge devido a várias circunstâncias e necessidades, nomeadamente, devido aos incêndios de 2017 que demonstraram a fragilidade económica, social, demográfica e a exposição aos riscos naturais e ambientais da sub-região do Pinhal Interior, com consequências trágicas em vidas humanas e que originou também danos materiais que colocaram muitos em situação de grande vulnerabilidade, justifica a CIM em nota enviada à comunicação social.
Outro motivo prende-se com o facto de hoje se estar a atravessar um momento único e de extrema importância na definição dos modelos de governação a adotar em Portugal no próximo ciclo de programação de fundos comunitários (2021-2027), nomeadamente, no âmbito das políticas de coesão, pelo que a revisão do PRPI pressupõe a sua adaptação aos novos desafios e contextos socioeconómicos.
Para a revitalização do Pinhal Interior será necessário definir-se um modelo de governação a adotar, propondo-se que o mesmo tenha por base a definição de um Investimento Territorial Integrado (ITI) próprio para o Pinhal Interior, que permita operacionalizar um ecossistema e suporte ao desenvolvimento desta zona do país a partir dos recursos do território, em prol da promoção, da qualificação, da organização, da internacionalização, da captação de investimento e da capacitação dos stakeholders.
Neste sentido, para se garantir a implementação da Intervenção Integrada de Base Territorial do Pinhal Interior existe a necessidade de se assegurar a articulação da coordenação política e coordenação técnica das várias CIM que integram o Pinhal Interior.
Assim, no Conselho Intermunicipal, do dia 11 de março, foi aprovada por unanimidade a participação da CIM do Médio Tejo no Consórcio das CIM´s do Pinhal Interior na sua constituição e implementação. Foi também aprovada a participação e integração da equipa técnica desta CIM, da qual fará parte o secretário executivo, Miguel Pombeiro bem como, foi designado o presidente da Câmara Municipal de Mação e vice-presidente desta CIM, Vasco Estrela no que diz respeito ao acompanhamento político do processo.

Partilhar: