REGIÃO/Covid-19: Taxa de incidência continua a descer na Sertã

Idanha-a-Nova e Castelo Branco sobem.

 REGIÃO/Covid-19: Taxa de incidência continua a descer na Sertã

A Direção Geral de Saúde divulgou o relatório da taxa de incidência a 14 dias, desta feita para o período compreendido entre 17 e 30 de junho. Verifica-se assim que o concelho da Sertã continua a descer no número de casos por 100 mil habitantes, registando agora 62 casos por 100 mil habitantes (62/100). Relativamente à restante área da Unidade Local de Saúde de Castelo Branco, a maior subida aconteceu novamente no concelho de Idanha-a-Nova que tem agora 252/100 e ultrapassa o limite definido pelo Governo, seguindo-se Castelo Branco (108/100), Vila de Rei com 60/100, Proença-a-Nova tem 55/100 e Oleiros regista 20/100. Vila Velha de Ródão e Penamacor têm 0/100.
Na área nordeste do Pinhal Interior Norte (PIN), pertencente ao Agrupamento de Centros de Saúde do PIN, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera continuam com 0/100 e Pedrógão Grande com 59/100.
Finalmente, na área do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, o concelho de Mação subiu para 65/100 e Ferreira do Zêzere para 25/100.
Recorde-se que o Executivo definiu que os concelhos com menos de 240 casos por 100 mil habitantes têm risco "moderado", os concelhos com mais de 240 e até 480 casos por 100 mil habitantes têm risco "elevado", os concelhos com mais de 480 novos casos e até 960 casos encontram-se em risco "muito elevado" e os concelhos com mais de 960 casos por 100 mil habitantes têm risco "extremamente elevado".

Partilhar: